Ir para o conteúdo

Por Renata Bohrer

 

Hoje, 9 de agosto, é o Dia Internacional dos Povos Indígenas. Em homenagem à data, o Museu da Vida Itinerante acaba de lançar o 2º volume da série Culturas Estelares.  A publicação digital, que é desenvolvida pela equipe de mediadores do Ciência Móvel, relaciona saberes indígenas, astronomia e diversidade cultural. O acesso é gratuito. 

Foto: Constelação Homem Velho/ Crédito: Rodrigo Guerra

 

Nos dois primeiros capítulos, vamos conhecer a astronomia de povos da América do Sul: Kaiowá (da etnia Guarani) e Desana (da etnia Tukano).  Um dos destaques desta edição, conheça a constelação do Homem-Velho e saiba qual é a sua relação com o povo Kaiowá.  Sob o céu dos Desana, veja a história de origem da constelação de Pamõ, o Tatu. Já no terceiro capítulo, vamos embarcar em uma viagem pela América Central para conhecer os morcegos da região, em especial, o “deus morcego narigudo” do povo Maia, o Camazotz. E, por fim, veja no quarto capítulo a astronomia de um povo da América do Norte. Com os Navajos, conheça os mitos e os usos das constelações: Primeiro Grande Homem e Pegada do Coelho. 

 

 

Deus Morcego Azteca-Maia, Códice Fejervary Mayer./ Crédito Acervo Digital FAMSI./ Licença Domínio Público.

Durante a leitura, confira ilustrações, mapas e vídeos que garantem maior dinamismo ao roteiro cultural. Pensa que acabou? Veja também os nossos desafios astronômicos. Com o auxílio do Stellarium, você pode explorar o céu de diferentes povos e culturas distintas. No final da publicação, veja uma tabela com os principais comandos para configurar o software de astronomia de acordo com a Cultura Estelar de interesse.  

Culturas Estelares faz parte das ações do projeto Arte e Ciência sobre Rodas, aprovado pela Lei de Incentivo à Cultura do Ministério do Turismo, Secretaria Especial da Cultura, com a Gestão Cultural da SPCOC. É uma realização do Museu da Vida/Casa de Oswaldo Cruz/Fiocruz, e conta com patrocínio das empresas BAYER, Grupo DPSP,  Drogarias Pacheco, IBM, 3M e EDF Norte Fluminense. 

 

Leia a publicação na íntegra, acesse: Culturas Estelares - Vol.2

 

Assista também dois vídeos do Boletim da Ciência, do Canal Saúde, Fiocruz, relacionados à tematica de culturas estelares. 

Astrofísica no Quilombo, com o físico e professor do Centro de Ciências Exatas PUC-SP, Dr. Walmir Cardoso.

Link: https://www.youtube.com/watch?v=SqAoPBpcsII

Astronomia nas Culturas, com o físico, coordenador do projeto Akotirene Kilombo e finalista do prêmio Jabuti de 2020 com o livro "Astrofísica para a Educação Básica: a Origem dos Elementos Químicos no Universo", Dr. Alan Alves Brito.

Link: https://www.youtube.com/watch?v=oIYWuueY0OQ

 

 

Mais sobre o Dia Internacional dos Povos Indígenas:

Estabelecida pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura – UNESCO, em dezembro de 1994, a data comemorativa tem relação com o dia da primeira reunião do Grupo de Trabalho da ONU sobre Populações Indígenas da Subcomissão de Promoção e Proteção dos Direitos Humanos, realizada em Genebra, em 1982. [Fonte Unesco]

 

 

Publicado em 9 de agosto de 2021. 

Link para o site Invivo
link para o site do explorador mirim
link para o site brasiliana

funcionamento: Estamos fechados devido à pandemia. Siga-nos nas redes sociais!

Fiocruz, Av. Brasil, 4365 - Manguinhos, Rio de Janeiro| CEP: 21040-900

Copyright © Museu da vida | Casa de Oswaldo Cruz | Fiocruz

museudavida@fiocruz.br

Assessoria de imprensa: divulgacao@coc.fiocruz.br.

O Museu da Vida faz parte de:

abcmc astc redpop ecsite icom

Amigos do Museu da Vida: uma rede de Saúde, ciência e cultura

Ternium Johnson & Johnson ibm conheça