Ir para o conteúdo

Por Equipe Ballet Manguinhos

O Ballet Manguinhos atua, há nove anos, com aulas de dança. Durante esse tempo, foram atendidos 3,2 mil alunos do território de Manguinhos e adjacências. Desse número, cerca de 95% são meninas e mulheres, que vivem constantes situações de desigualdade social, sendo obrigadas a se moldarem a padrões pré-estabelecidos.

Com o intuito de possibilitar um futuro mais justo para essas meninas, a instituição sempre se propôs a pensar ações voltadas ao diálogo sobre os direitos das mulheres. Isso porque entendemos que essas reflexões precisam gerar debates entre elas e as suas próprias comunidades, instruindo-as sobre seus direitos e como defendê-los.

Pautas sobre empoderamento, feminismo, raça, sexualidade e direitos reprodutivos são discutidas no Ballet Manguinhos. O propósito é criar um ambiente mais saudável, onde meninas e mulheres possam se sentir seguras para abordar temas sobre os quais não entendem ou são considerados tabus.

A ideia é dar munição para que elas questionem por si mesmas o próprio entorno; estimular a criação de redes de apoio, onde elas reproduzem saberes umas para as outras e também para fora das paredes do projeto; demonstrar que elas podem ser o que querem, sem limitações.

Com isso em mente, o Ballet Manguinhos se dedicou a fazer parte do "Uma Vitória Leva à Outra", em 2020, projeto de legado olímpico da ONU Mulheres.  O principal objetivo é empoderar meninas por meio do esporte. Segundo o guia de atividades do programa, “A proposta é construir uma sociedade mais justa, com igualdade de direitos e oportunidades, em que todas as pessoas possam expressar seu pleno potencial.”

Todas as ações são pensadas de maneira interdisciplinar, possibilitando debates sobre a igualdade de gênero, o combate aos preconceitos e aos estereótipos nocivos. De forma prática, o programa atua primeiro com dinâmicas e, logo após, com práticas esportivas adaptadas, que remetem às discussões de oficinas temáticas.

Atualmente, no Ballet Manguinhos, o programa é voltado para 60 meninas, de 11 a 18 anos, que têm aula de ginástica rítmica. Infelizmente, devido à pandemia de Covid-19, só foram possíveis duas aulas em 2020. Por isso, a ideia é que, a partir do segundo semestre de 2021, o programa volte à ativa!

Ainda não há uma data exata para o início, mas vale adiantar que as inscrições são feitas na sede do Ballet Manguinhos (Av. dos Democráticos, 535 – Higienópolis). O anúncio de vagas é feito no Instagram @ballet_manguinhos ou no facebook Ballet Manguinhos. Se você conhece alguém do território que tenha interesse, compartilhe este texto!

(Foto: Ana Maria Silva)

 
Publicado em 4 de junho de 2021
Link para o site Invivo
link para o site do explorador mirim
link para o site brasiliana

funcionamento: Estamos fechados devido à pandemia. Siga-nos nas redes sociais!

Fiocruz, Av. Brasil, 4365 - Manguinhos, Rio de Janeiro| CEP: 21040-900

Copyright © Museu da vida | Casa de Oswaldo Cruz | Fiocruz

museudavida@fiocruz.br

Assessoria de imprensa: divulgacao@coc.fiocruz.br.

O Museu da Vida faz parte de:

abcmc astc redpop ecsite icom

Amigos do Museu da Vida: uma rede de Saúde, ciência e cultura

Ternium Johnson & Johnson ibm conheça