Ir para o conteúdo

Arbovírus circulantes no Brasil: dengue, febre amarela, zika e chikungunya
O tema será abordado a partir de jogos de tabuleiro e de computador.
Público: todos

Asfoc-SN em defesa e valorização da ciência e tecnologia
Folhetos e vídeos sobre o trabalho realizado pelo Sindicato dos Servidores de Ciência, Tecnologia, Produção e Inovação em Saúde Pública.
Público: adolescentes, adultos e idosos

Aventura nos biomas brasileiros
Um jogo onde os participantes deverão associar aos biomas brasileiros informações sobre biodiversidade, economia, impactos ambientais e localizações. Os visitantes serão instigados também a verificar o que é verdadeiro ou falso nas notícias apresentadas no jogo “Fato ou fake dos biomas”.
Público: adolescentes, adultos e idosos

Biodiversid’Arte
Exposição de pequenos mamíferos e representação artística de outros, todos representantes do ciclo silvestre da doença de Chagas. Para o público infantil, pintura de desenhos dos animais e produção de máscaras. Para os demais, um quiz sobre temas da exposição.
Público: todos

Bioeconomia e a sociedade do futuro
Jovens cientistas da Fiocruz demonstram para os visitantes que a bioeconomia está nas vacinas, nos remédios, na água e, principalmente, deve estar nas nossas atitudes!
Público: todos

Conhecendo as parasitoses intestinais: um papo de cocô que fica interessante
A atividade apresenta o ciclo evolutivo dos parasitos intestinais de maneira lúdica e criativa, com observação ao microscópio, exposição de vermes conservados, peças sintéticas e uma caixa que detecta sujeira.
Público: todos

Conhecendo os vermes dos animais de estimação e da floresta
Oficina de massa de modelar com exposição de animais e vermes. Os participantes poderão usar um microscópio para examinar os vermes.
Público: infantil

Desafios da pesca artesanal no Canal do Cunha
Exposição fotográfica sobre o canal do Cunha, o rio Faria Timbó e a Baía de Guanabara, discutindo os desafios de quem sobrevive da pesca artesanal nesses locais.
Público: todos

Detetives da alimentação saudável
Por meio de uma caixa reveladora, os participantes deste jogo vão descobrir o que significam termos como segurança alimentar, agroecologia e alimentos ultraprocessados. Ao final da atividade, os visitantes recebem de presente uma surpresa deliciosa!
Público: todos 

Doença de Chagas: biologia e taxonomia dos vetores
Exposição sobre os principais vetores da doença de Chagas. Os participantes ganharão um atlas e cards sobre o tema.
Público: adolescentes, adultos e idosos

Experimentando consciência na bioeconomia
Oficinas que vão discutir as diversas formas de se obter e utilizar a energia elétrica, de maneira simples e sustentável, sob a perspectiva da bioeconomia. Os participantes poderão levar o resultado de seus experimentos para casa.
Público: todos

Fungos são a cara da riqueza
Atividade exploratória sobre as formas de utilização dos fungos e seu potencial para o desenvolvimento ambientalmente sustentável da ciência e tecnologia do país.
Público: todos

Gestão Ambiental
A exposição apresenta pontos importantes de uma boa gestão ambiental: fases da compostagem, estações de tratamento de efluentes e reaproveitamento de materiais. Aborda a importância das abelhas para o meio ambiente e inclui, também, uma oficina de plantação de mudas.
Público: todos

HIV e Aids: tire suas dúvidas
A proposta desta atividade é discutir tópicos importantes sobre HIV/Aids a partir da interação com maquetes, jogos, instalações e oficinas. O objetivo é que os participantes tirem suas dúvidas sobre o tema.
Público: todos

Insetos na bioeconomia: uma aventura pelos biomas do Brasil
Exposição sobre os insetos dos diferentes biomas brasileiros e sua importância para um desenvolvimento sustentável. Os participantes poderão utilizar uma lupa para conhecer melhor alguns desses insetos.
Público: todos

Jogos na educação: Imune e Caminhos de Oswaldo
Dois jogos de tabuleiro onde os participantes devem avançar por um caminho dentro do campus da Fiocruz, podendo cair em “casas” onde há vírus, cientistas ou perguntas relacionadas às ciências.
Público: todos

Microrganismos: o que eles têm para nos contar sobre bioeconomia?
Exposição e oficinas sobre o papel dos microorganismos na produção de medicamentos, vacinas e alimentos ao longo da história. Os visitantes poderão visualizar microorganismos ao microscópio e aprender mais sobre eles com jogo da memória, quebra-cabeça e caça-palavras.
Público: todos

Minha horta PET, minha vida
Se você já perdeu plantinhas por falta de tempo de regar, esta atividade é pra você! Que tal aprender a montar uma horta com material do cotidiano, sustentável e que não precisa regar todo dia?
Público: todos

Minilaboratório de vacinas
Estande interativo que representa as etapas de produção das vacinas e o funcionamento de alguns processos de pesquisa.
Público: todos

Moluscos continentais de importância econômica e médico-veterináriaFilmes, caixas didáticas e exemplares vivos dos principais moluscos de interesse econômico, ligados à agricultura e à saúde pública.
Público: todos

Olimpíada Brasileira de Saúde e Meio Ambiente e a Agenda 2030
A atividade é um jogo de tabuleiro gigante abordando os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável estabelecidos pela ONU. 
Público: adolescentes

Paleoparasitologia: o que é isso? 
Nesta gincana, os visitantes vão descobrir o que é a paleoparasitologia por meio de atividades como mini-escavação, visualização de pinturas rupestres, quebra-cabeça, jogo da memória e desenhos para colorir. 
Público: infantil

Plantas medicinais: da semente à farmácia
Oficina dividida em quatro partes que representam a cadeia produtiva das plantas medicinais na indústria farmacêutica. A atividade aborda desde a plantação de mudas medicinais até a fabricação de comprimidos, passando pela preparação de chás e extratos, e a testagem dos componentes ativos da planta.
Público: todos

Projeto Brotinho: agricultura urbana agroecológica
A atividade propõe cultivos de alimentos, ervas, temperos orgânicos etc., além de compostagem doméstica para a produção de biofertilizante. A proposta é a reconexão com a natureza a partir de práticas que envolvem reaproveitamento, segurança e soberania alimentar.
Público: todos

Vetores da Leishmaniose
Apresentação sobre os vetores da leishmaniose, medidas preventivas, ações de promoção da saúde e atividades de educação em saúde.
Público: todos

Vigilância Sanitária: contribuição para a promoção e recuperação da saúde
A exposição aborda o uso racional de medicamentos e o papel das vacinas na prevenção de doenças, além de destacar a importância da leitura dos rótulos dos alimentos para a prevenção ao consumo excessivo de sal.
Público: todos

Vingadores: a Era do Aedes
De forma criativa, a atividade objetiva dialogar sobre as arboviroses, principalmente dengue, chikungunya  e zika, como são transmitidas, formas de prevenção e controle do Aedes aegypti, além de demonstrar a realização do teste rápido para diagnóstico dessas doenças.
Público: todos

***

No Espaço Lounge:

Juventude e desenvolvimento sustentável
Uma roda de conversa sobre os objetivos do desenvolvimento sustentável da Agenda 2030 e como contribuir para a promoção de territórios saudáveis.
Horário: 13h30 às 14h30
Público: adolescentes e adultos

Sobre memória, violência e saúde
Exibição de documentário, fruto de pesquisa sobre o tema, e roda de conversa.
Horário: 14h30 às 15h30 e 15h30 às 16h30
Público: adolescentes, adultos e idosos

 

VOLTAR PARA A MATÉRIA PRINCIPAL DA FIOCRUZ NA SNCT 2019

Link para o site Invivo
link para o site do explorador mirim
link para o site brasiliana

funcionamento terça a sexta-feira: 9-16h30, sábados: 10h-16h

agendamento de visitas 55 21 2590-6747

Fiocruz, Av. Brasil, 4365 - Manguinhos, Rio de Janeiro| CEP: 21040-900

Copyright © Museu da vida | Casa de Oswaldo Cruz | Fiocruz

museudavida@fiocruz.br

Assessoria de imprensa: divulgacao@coc.fiocruz.br.

O Museu da Vida faz parte de:

abcmc astc redpop ecsite icom

Amigos do Museu da Vida: uma rede de Saúde, ciência e cultura

patrocínio master

ibm Johnson & Johnson Nova Rio conheça