Ir para o conteúdo

No mês de agosto, a ciência vai invadir as ruas de Curitiba para comemorar os 20 anos de atuação da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) no Paraná e os 10 anos da inauguração do Instituto Carlos Chagas (ICC/ Fiocruz Paraná), unidade técnico-científica da entidade no estado. Em parceria com o Instituto de Biologia Molecular do Paraná (IBMP) e com a Fundação Cultural de Curitiba, a cidade recebe, pela primeira vez, o projeto Ciência Móvel, do Museu da Vida da Fiocruz. Estacionado no Portão Cultural (MuMA), o caminhão da iniciativa vai oferecer, entre os dias 06 e 09, para a comunidade e alunos de escolas públicas e privadas – cerca de 1.600 alunos de escolas agendadas previamente –, ações de divulgação científica que criam um espaço interativo de descoberta, reflexão e encantamento pela ciência. O evento ainda vai abrigar ações que apresentarão a história e as contribuições do trabalho desenvolvido pelo ICC e pelo IBMP para a saúde pública regional e nacional. Uma solenidade, marcada para sexta-feira, dia 09, e realizada no Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar), campus da Fiocruz em Curitiba, encerra a programação da semana comemorativa.

“A ideia é comemorar nossa trajetória aqui no Paraná, marcada por um crescimento rápido e sólido, junto da população e das escolas, levando a ciência e a importância da pesquisa que desenvolvemos para a saúde pública. Estamos ansiosos para a chegada do Ciência Móvel, que pela primeira vez ultrapassa os limites da região Sudeste, e para sair do laboratório e levar um pouco do nosso dia-a-dia de cientistas para alunos e para a comunidade em geral”, reforça o diretor do Instituto Carlos Chagas, Bruno Dallagiovanna.

Bicicleta Geradora, Pilha Humana, Espelhos Sonoros, Tubos Musicais e experimentos relacionados à ilusão de ótica e à biologia, são algumas das atrações que serão oferecidas pelo Ciência Móvel. Já o ICC e IBMP disponibilizarão jogos e atividades lúdicas associadas à prevenção de doenças causadas pelo Aedes aegypti, leishmaniose, células-tronco, parasitos e história do sequenciamento do DNA, entre outros. Os mais curiosos ainda poderão observar uma célula em um microscópio, tirar dúvidas e interagir com cientistas.

Na programação também está incluída a exposição “A ciência caiu na tinta”, do artista Itamar Crispim, que estará no Portão Cultural. A mostra reúne telas pintadas em acrílico e inspiradas, entre outras fontes, em imagens científicas produzidas na Fiocruz Paraná, onde Crispim atua como fotógrafo. “A ideia é trazer a estética da ciência para essas telas, num trabalho que reúne arte e ciência”, ressalta o artista.

Fiocruz Paraná: Vanguarda na pesquisa científica

 A Fundação Oswaldo Cruz, por meio de uma parceria com o Governo do Estado do Paraná, iniciou suas atividades na cidade de Curitiba em 1999. A atuação conta com a colaboração científica de instituições como o Instituto de Tecnologia do Paraná (TECPAR) e a Universidade Federal do Paraná (UFPR), em trabalhos voltados para a melhoria da saúde pública regional e nacional. 

Atualmente, no Paraná, são duas importantes unidades técnico cientificas com uma força de trabalho de 400 colaboradores, com mais de 200 mestres ou doutores, atuando na vanguarda da pesquisa cientifica, tecnológica e na produção de insumos para a Saúde Pública.

O Instituto Carlos Chagas (ICC/ Fiocruz Paraná) se destaca como um produtivo e bem instalado centro de pesquisa de impacto internacional nas áreas de virologia, agentes infecciosos, câncer e células-tronco. Em seus 5 mil metros quadrados de área construída, abriga com nove laboratórios de pesquisa, dois serviços de referência, cinco plataformas tecnológicas, além do único laboratório de Biossegurança nível 3 do sul do País.

O Instituto de Biologia Molecular do Paraná (IBMP), unidade criada para apoiar a implantação da Fiocruz no Paraná, assumiu a atividade de produção para insumos de saúde, notadamente nos testes de diagnóstico molecular com infraestrutura de produção e desenvolvimento de Insumos para saúde com área produtiva de 2200m² certificada em Boas Práticas de Fabricação (BPF)


PROGRAMAÇÃO:

Semana Comemorativa 20 anos da Fiocruz Paraná/ 10 anos do Instituto Carlos Chagas

Dias 06, 07 e 09 de agosto, 9h às 17h
Ciência Móvel e atividades científicas ICC e IBMP
Exposição “A Ciência caiu na tinta”
Portão Cultural (MuMA) – Av. Rep. Argentina, 3.432 – Portão, Curitiba
Aberto ao público

Dia 08 de agosto, 9h às 20h30
Ciência Móvel e atividades científicas ICC e IBMP
Exposição “A Ciência caiu na tinta”
Portão Cultural (MuMA) – Av. Rep. Argentina, 3.432 – Portão, Curitiba
Aberto ao público

— Dia 09 de agosto, 10h
Solenidade de comemoração
Auditório do Tecpar – Rua Algacyr Munhoz Mader, 3775 – CIC, Curitiba
Aberto à imprensa

 

Fonte: Portal ICC / Fiocruz Paraná
Reproduzido em 30/07/2019.

Link para o site Invivo
link para o site do explorador mirim
link para o site brasiliana

funcionamento terça a sexta-feira: 9-16h30, sábados: 10h-16h

agendamento de visitas 55 21 2590-6747

Fiocruz, Av. Brasil, 4365 - Manguinhos, Rio de Janeiro| CEP: 21040-900

Copyright © Museu da vida | Casa de Oswaldo Cruz | Fiocruz

museudavida@fiocruz.br

Assessoria de imprensa: divulgacao@coc.fiocruz.br.

O Museu da Vida faz parte de:

abcmc astc redpop ecsite icom

Amigos do Museu da Vida: uma rede de Saúde, ciência e cultura

patrocínio master

ibm Johnson & Johnson Nova Rio conheça