Ir para o conteúdo

O Rio dos Navegantes
De 25 de maio a 25 de junho a entrada no Museu de Arte do Rio (MAR) será gratuita em todos os dias de funcionamento. E também no dia 25 de maio o MAR (Praça Mauá, nº 5, Centro) inaugura sua principal exposição de 2019: “O Rio dos Navegantes”. A mostra traz uma abordagem transversal da história do Rio de Janeiro como cidade portuária, do ponto de vista dos diversos povos, navegantes e imigrantes que desde o século XVI passaram, aportaram e por aqui viveram. “O Rio dos Navegantes” reúne cerca de 550 peças históricas e contemporâneas, entre pinturas, fotografias, vídeos, instalações, objetos, documentos, esculturas etc. Para ampliar a viagem pela história do Porto do Rio e seus desdobramentos, o museu firmou parceria com 37 instituições públicas e privadas, que cederam trabalhos para a exposição. Do Museu Nacional, virão 15 peças de diversas coleções da seção didática, como conchas, corais, artefatos líticos, e frascos que apresentam a biodiversidade da baía de Guanabara. A exposição convida o público a refletir sobre os modos de vida que formaram o Rio de Janeiro, a relação entre cariocas e visitantes, a miscigenação, as formas de uso e democratização do espaço público, e os conflitos geográficos, linguísticos, culturais, econômicos e políticos que estão presentes na cidade desde o século XVI. Documentos e imagens raras mostram indígenas escravizados construindo os Arcos da Lapa, evidenciam os problemas das enchentes do Rio desde o século XVI e questionam o mito da praia democrática, evidenciando tensões sociais no espaço público e as praias do subúrbio. Leia o texto completo no site do MAR 

 

Fronteiras da arte – criadores populares
A exposição "Fronteiras da arte – criadores populares", uma produção do Museu Casa do Pontal, está em cartaz na Galeria do Espaço Cultural BNDES (Av. Chile, nº 100, Centro, próximo ao Metrô Carioca). Com a proposta de provocar o público a rever seus conceitos sobre arte e artistas do universo popular, a mostra apresenta um conjunto de 100 esculturas e modelagens feitas por 27 autores de todo o país. Visitação de segunda a sexta (exceto feriados), das 10h às 19h, até 28 de junho. Entrada gratuita. Ah! No dia dia 5 de junho, quarta-feira, das 17h30 às 19h, vai rolar Bate-papo na Galeria sobre "Curadorias com Arte Popular", com a curadora da exposição, Ângela Mascelani, e os convidados Clarissa Diniz (exposição "À Nordeste") e Ulisses Carrilho (exposição "Arte Naif - Nenhum Museu a Menos"). Leia mais no site do Museu Casa do Pontal e no site do BNDES.

 

Edição de 24 de maio de 2019.

Link para o site Invivo
link para o site do explorador mirim
link para o site brasiliana

funcionamento terça a sexta-feira: 9-16h30, sábados: 10h-16h

agendamento de visitas 55 21 2590-6747

Fiocruz, Av. Brasil, 4365 - Manguinhos, Rio de Janeiro| CEP: 21040-900

Copyright © Museu da vida | Casa de Oswaldo Cruz | Fiocruz

museudavida@fiocruz.br

Assessoria de imprensa: divulgacao@coc.fiocruz.br.

O Museu da Vida faz parte de:

abcmc astc redpop ecsite icom

Amigos do Museu da Vida: uma rede de Saúde, ciência e cultura

patrocínio master

ibm Johnson & Johnson Nova Rio conheça