Ir para o conteúdo

Compartilhe

Facebook Twitter Imprimir

Em 26 de maio de 2012 o Museu da Vida comemorou seu 13º aniversário com uma programação especial. 


Muitas felicidades, muitos anos e muitas atividades para o Museu da Vida. Para comemorar seu 13º aniversário, o museu contou com uma programação especial no sábado 26 de maio de 2012. Foram oferecidas diversas atividades e gostosuras científicas, além de haver distribuição de brindes. O evento foi gratuito e teve visitação livre. 

Confira abaixo como foi a agenda para o aniversário do Museu da Vida: 

Parque da Ciência - Foto: Luanda Lima
Ciência na cozinha
Em qualquer aniversário, um item indispensável é o bolo, não é? Aqui, os visitantes descobriram a origem dessa gostosura e toda a ciência envolvida no seu preparo. Aproveitaram ainda para colocar a mão na massa e fazer seu próprio bolo de chocolate.
Local: Pirâmide – Parque da Ciência 

Geleca!
O público participou de uma divertida oficina e conheceu mais sobre os átomos e as moléculas ao preparar a sua própria geleca.

Local: gramado do Parque da Ciência 

Bolhas de sabão
Os visitantes aprenderam sobre as cores, células, propriedades da água e outros temas, durante uma divertida brincadeira com bolhas de sabão.

Local: gramado do Parque da Ciência

Histórias de aniversário em cordel
Com Edmilson Santini

Os participantes comemoraram e dançaram conosco no ritmo do cordel.
Local: Anfiteatro do Centro de Recepção
 
Sob as conchas
O público viu conchas e exemplares vivos de diferentes espécies de caramujos, como o gigante africano Achatina fulica. Conheceu mais sobre esses animais e descobriu a importância de diferenciar as espécies. A atividade contou com a parceria do Laboratório de Malacologia/IOC/Fiocruz.

Local: gramado do Parque da Ciência
 
Histórias do Pippo
Os visitantes viajaram com a história de Pippo e aprenderam sobre a saúde dos seus dentes de forma muito divertida.
Local: gramado do Parque da Ciência

Faça uma célula
Os participantes conheceram um modelo de célula gigante e aproveitaram para meter a mão na massa e fazer a sua própria célula animal.

Local: gramado do Parque da Ciência

Extração do DNA
O público extraiu e observou o DNA de algumas frutas nessa instigante atividade.

Local: gramado do Parque da Ciência

DNA de jujuba
Os visitantes participaram dessa saborosa oficina e conheceram mais sobre a estrutura do DNA.

Célula vegetal
Os participantes exploraram o mundo que é invisível a olho nu observando uma célula vegetal de verdade, com o uso de microscópios.

Local: gramado do Parque da Ciência

Pescaria de micro-organismos
De forma divertida, essa pescaria simulada possibilitou ao visitante construir um conceito sobre micro-organismos e desmitificar a ideia de que todo micróbio é maléfico para o ser humano.

Local: gramado do Parque da Ciência

Há vida na gota d'água?
O público experimentou e observou com o auxilio de microscópios a diversidade de vida em uma gota de água.

Local: gramado do Parque da Ciência

Vida de inseto – Participação especial: Departamento de Entomologia do Museu Nacional/UFRJ 
Uma série de atividades para conhecer, de um jeito pra lá de divertido, um pouco mais sobre essas pequenas e incríveis criaturas.
Local: gramado do Parque da Ciência 

Atividades de "Vida de inseto”:

Vida de Inseto - Foto: Luanda Lima


Asas pra que te quero
Você já notou como há insetos com asas de diferentes tipos? Nesta atividade, os visitantes puderam observar algumas delas em microscópios e explorar as características dos insetos a que pertencem.

Faixa etária: para todas as idades.

Hora do lanche... dos insetos
O público participou da divertida preparação de pratos com grandes especialidades apreciadas por esses animais e entendeu como eles se organizam e de que se alimentam.

Faixa etária: para todas as idades.

Quem mora aqui?
Os participantes observaram e investigaram diversas espécies de insetos aquáticos vivos, explorando os diferentes tipos de insetos e ambientes.

Faixa etária: para todas as idades.

Histórias para contar
Literatura, insetos e saúde se misturaram em histórias emocionantes e divertidas. O público se emocionou com a história de duas encantadoras borboletas, numa adaptação do livro "Romeu e Julieta", de Ruth Rocha. Após a história, houve ainda uma oficina de dobraduras.

Insetos do meu jardim
Qual é a relação entre plantas, flores e insetos? Essa e outras questões, como a biodiversidade e o papel desses animais na agricultura, foram exploradas, enquanto o visitante participou do plantio de mudas.

Faixa etária: para todas as idades.

Bichos esquisitos
Todo inseto tem asas? Quais são suas partes do corpo? Todos possuem antenas? Os participantes descobriram a resposta para essas e outras perguntas numa divertida atividade, em que abusaram da sua criatividade ao colocar a mão na massa criando o seu próprio inseto com materiais reciclados. Depois, puderam ainda ver a sua criação e as de outros participantes na mostra virtual disponível neste link.

A biodiversidade das baratas
O público conheceu diferentes espécies de baratas e curiosidades a respeito desses incríveis insetos. A convidada especial da festa foi a Gromphadorhina portentosa, que, ao ser tocada, ergue o corpo e produz um som semelhante a um chiado. A atividade contou com a participação do Laboratório de Blattaria do Museu Nacional/UFRJ.

Gyrotech - Foto: Equipe do Ciência Móvel 
Girotech
Os visitantes se aventuraram nesse equipamento que consiste em três anéis que giram livremente em todas as direções e simula exercícios semelhantes aos dos astronautas.
Local: gramado do Parque da Ciência 

Contadores de histórias
Os participantes mergulharam no mundo da literatura em uma atividade que mistura fantasia, ciência, saúde e envolventes histórias.

Local: Tenda da Ciência

Show de ciência
Os visitantes participaram da realização de experimentos interativos em Química e Física, com a utilização de mágica e artes cênicas.

Local: auditório do Museu da Vida
Faixa etária: para todas as idades. 

Exposição “Nós do mundo”
O desenvolvimento sustentável é definido como a satisfação das necessidades da geração atual sem que a possibilidade das gerações futuras de realizarem as suas seja comprometida. Será que é esse o tipo atual de desenvolvimento no planeta? O público pôde refletir sobre isso nessa exposição, por meio de imagens, áudio, vídeos e elementos interativos. Clique aqui para saber mais sobre a mostra.

Local: Sala de exposições do Museu da Vida

Pergunte a Wallace - Foto: Luanda Lima 
Peça teatral “Pergunte a Wallace”
Nesse espetáculo, o público pôde conhecer Alfred Wallace, o naturalista britânico autodidata que viajou pelo Brasil durante quatro anos (entre 1848 e 1852). A peça é baseada na autobiografia “My life” (“Minha vida”), um monólogo que mostra a trajetória intelectual do pesquisador. Wallace nos mostra como um jovem em busca de aventuras e fascinado pela natureza percorreu o mundo, fato que o levou a desenvolver a teoria da seleção natural e a ser um dos naturalistas mais importantes do século 14.
Local: Tenda da Ciência 

Visita ao Castelo Mourisco
O público foi convidado a fazer um passeio ao Rio de Janeiro do início do século 20, podendo conhecer a história da construção do castelo e ver de perto sua arquitetura em estilo neomourisco, a beleza dos azulejos portugueses e os mosaicos inspirados em tapeçaria árabe.

Local: Castelo Mourisco.

Trilha histórico-ecológica
Os visitantes desbravaram uma trilha pelo campus da Fiocruz em Manguinhos e observaram várias espécies de plantas, enquanto conheceram também edifícios antigos, repletos de histórias fascinantes.

 

Link para o site Invivo
link para o site do explorador mirim
link para o site brasiliana

funcionamento terça a sexta-feira: 9-16h30, sábados: 10h-16h

agendamento de visitas (0xx21) 25906747

Fiocruz, Av. Brasil, 4365 - Manguinhos, Rio de Janeiro| CEP: 21045-900

Copyright © Museu da vida | Casa de Oswaldo Cruz | Fiocruz

museudavida@fiocruz.br

O Museu da Vida faz parte de:

abcmc astc redpop ecsite icom