Ir para o conteúdo

Compartilhe

Facebook Twitter Imprimir
A divulgação científica tem crescido muito na última década no Brasil e em outros países da América Latina. Em particular, em toda a região tem sido criados museus de ciência interativos. Menos frequentes têm sido as estratégias para compreender o impacto desses espaços científico-culturais na sociedade.

Para se debruçar sobre esta questão, a RedPOP, a Red de Popularización de la Ciencia y la Tecnología de América Latina y Caribe, e o Museu da Vida, o museu interativo da Casa de Oswaldo Cruz/Fundação Oswaldo Cruz, realizaram o evento "Divulgação científica e museus de ciência: O olhar do visitante", nos dias 16 e 17 de setembro de 2014, no Rio de Janeiro. O evento contou com o auspício da UNESCO e o apoio do CNPq.

O evento, que teve tradução simultânea, apresentou estratégias utilizadas por alguns museus para entender o aprendizado nesses espaços e como os distintos públicos constroem sentido a partir das visitas aos mesmos. O evento contou com a participação de especialistas de oito países: Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Estados Unidos, México e Reino Unido.

Veja a programação do evento:

16 de setembro de 2014

9:30h

Abertura do evento


Paulo Elian, diretor da Casa de Oswaldo Cruz, Fiocruz

Ernesto Fernández Polcuch, especialista sênior de política científica e capacitação do escritório regional de ciências da UNESCO para ALC (Montevidéu)

Luisa Massarani, diretora da Red de Popularización de la Ciencia y la Tecnología para América Latina y el Caribe (RedPOP) e divulgadora da ciência do Museu da Vida

Diego Vaz Bevilaqua, chefe do Museu da Vida


10:00h – 12:00h

Mesa-redonda

Shawn Rowe, diretor do Hatfield Marine Science Center, da Oregon State University (Estados Unidos)

Susan O'Brien,assistente de pesquisa no Hatfield Marine Science Center da Oregon State University (Estados Unidos)

Rosicler Neves, divulgadora da ciência do Museu da Vida (Brasil)

Moderadora:

Mônica Dahmouche, diretora do Museu Ciência e Vida (Brasil) (a confirmar)


12:00h – 14:00h

almoço


14:00h – 16:30h

Mesa-redonda

Yurij Castelfranchi, pesquisador da Universidade Federal de Minas Gerais (Brasil)

Sigrid Falla,diretora de Ciência e Sociedade do Maloka (Colômbia)

Ernesto Márquez, diretor de Universum (México)

Constanza Pedersoli, diretora de Mundo Nuevo (Argentina)

Moderadora:

Daisy Luz,Casa da Descoberta/Universidade Federal Fluminense (Brasil) (a confirmar)

17 de setembro de 2014

9:30h

café


10:00h – 12:30h

Mesa-redonda

Emma Pegram, coordenadora da Gallery Learning do Natural History Museum de Londres (Reino Unido)

Vanessa Guimarães, divulgadora da ciência do Museu da Vida (Brasil)

Luz Lindegaard, diretora de Educação do Museo Interactivo Mirador (Chile)

Claudia Aguirre, diretora de Educação e Conteúdos do Parque Explora (Colômbia)

Moderadora:

Alejandra León-Castella, diretora da Fundación Cientec (Costa Rica)



O evento é gratuito e aberto ao público geral. Não é necessário se inscrever previamente, mas quem desejar receber certificado deve enviar até o dia 5 de setembro o nome, email e instituição para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.


Dias:
16 de setembro(de 9:30h às 17:00h)
17 de setembro (de 9:30h às 12:30h)

Local: Tenda da Ciência, Museu da Vida, Fundação Oswaldo Cruz, Av. Brasil, 4365 - Manguinhos, Rio de Janeiro
Informações: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.">Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Veja mais informações sobres os palestrantes abaixo:


Claudia Aguirre

Mestre pela Universidade de Paris XI. É Diretora de Educação e Conteúdos no Parque Explora, Medelin, Colômbia. Sua pesquisa tem se concentrado na popularização da ciência e na história da divulgação científica.




Constanza Pedersoli

Professora e Licenciada em Ciências da Educação pela Universidad Nacional de La Plata (UNLP, Argentina), onde é docente da Faculdade de Humanidades e Ciências da Educação. É diretora do Mundo Nuevo, Programa de Divulgação e Ensino da de Ciências UNLP. Forma parte do Conselho Coordenador da Asociación Argentina de Centros y Museos de Ciencias (AACeMuCYT).



Emma Pegram

Coordena as avaliações e os estudos em aprendizado das exposições e programas do Natural History Museum de Londres (NHM, Reino Unido). Seu trabalho visa desenvolver uma cultura, entre os profissionais que atuam no museu, que associe pesquisa e prática, para compreender melhor as experiências de aprendizado entre os visitantes e o impacto de uma visita ao NHM.



Ernesto Márquez

Físico, doutor em psicologia social pela Universidad Nacional Autónoma de México. É diretor de UNIVERSUM, museu de ciência da Universidad Nacional Autónoma de México (UNAM).




Luz Marina Lindegaard

Diretora de Educação do Museo Interactivo Mirador (Chile) desde 2003. Psicopedagoga por la Pontificia Universidad Católica de Valparaíso, com curso em Divulgación Científica, Museología e Museografía.




Rosicler Neves

Mestre pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Trabalha no Núcleo de Estudos da Divulgação Científica do Museu da Vida, Rio de Janeiro. Realiza atividade práticas em engajamento público, desenvolvendo projetos, exposições e eventos, e atividades de pesquisa na área de divulgação científica.



Shawn Rowe
Diretor do Hatfield Marine Science Center da Oregon State University (EUA). Rowe realiza pesquisa em “free-choice learning” – o tipo de aprendizado que as pessoas têm fora da sala de aula e outros espaços formais de educação. Ele transformou o museu de ciência que dirige em um laboratorio para estudar o comportamento no momento da aprendizagem. Tem formação em linguística aplicada (estudo de como as pessoas aprendem idiomas) e psicologia do desenvolvimento. Doutor pela Washington University em St. Louis.



Sigrid Falla
Formada em desenho industrial, com mestrado en comunicação. É diretora do grupo de pesquisa em apropriação social do conhecimento de Maloka, centro de ciência em Bogotá (Colômbia), que desenvolve processos de avaliação, sistematização e pesquisa em divulgação científica.




Susan O'Brien
Assistente de Pesquisa no Hatfield Marine Science Center, ligado à Oregon State University (EUA). Ela auxilia na pesquisa sobre o aprendizado e a avaliação de exposições, bem como no desenvolvimento de protótipos para exposições. Graduou-se pela Universidade Federal de Pernambuco, tem mestrado em Ecologia Animal Ecology pela Iowa State University e é doutoranda em Ciências Ambientais na Oregon State University.




Vanessa F. Guimarães

Doutora em Ciências (Microbiologia) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro.
Trabalha no Serviço de Educação em Ciências e Saúde do Museu da Vida.




Yurij Castelfranchi

Doutor pela Universidade Estadual de Campinas. É professor de Sociologia da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).



Link para o site Invivo
link para o site do explorador mirim
link para o site brasiliana

funcionamento terça a sexta-feira: 9-16h30, sábados: 10h-16h

agendamento de visitas (0xx21) 25906747

Fiocruz, Av. Brasil, 4365 - Manguinhos, Rio de Janeiro| CEP: 21045-900

Copyright © Museu da vida | Casa de Oswaldo Cruz | Fiocruz

museudavida@fiocruz.br

O Museu da Vida faz parte de:

abcmc astc redpop ecsite icom