Ir para o conteúdo

Compartilhe

Facebook Twitter Imprimir
O caminhão do projeto já chegou a mais de cem mil pessoas


Com a viagem a Sorocaba (SP), realizada entre 18 e 22 de outubro, o projeto Ciência Móvel - Vida e Saúde para Todos completou um ano de atividade, desde sua primeira viagem, para o município de Nova Iguaçu (RJ), durante a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia de 2006.
 
No seu primeiro ano, o projeto participou de dezoito eventos, em três estados: Rio de Janeiro, Espírito Santo e São Paulo. O contador eletrônico de público do projeto já totalizou 100.509 visitantes. Nesse período inicial, foi dada continuidade ao processo de produção de conteúdos, desenvolvidos pela equipe do Museu da Vida ou em parcerias que vem sendo consolidadas e construídas na própria Fiocruz e com outras instituições.
 
A parceria entre a  Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ) e a Fundação Centro de Educação Científica do Estado do Rio de Janeiro (CECIERJ), por exemplo, ficou ainda mais fortalecida. O principal incremento nessa colaboração foi o Projeto Lona da Ciência, que congrega o Ciência Móvel e o Caravana da Ciência, projeto itinerante do CECIERJ. O Lona da Ciência,  implantado com apoio da Secretaria de Ciência e Tecnologia e Inovação do Estado do Rio de Janeiro e do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT), promove eventos em praças públicas e é um dos onze projetos itinerantes do tipo "Ciência Móvel" já viabilizados pelo MCT.
 
O Ciência Móvel promove atividades que contam ainda com a colaboração das instituições Grupo de Estudo e Pesquisa em Educação Não-Formal e Divulgação em Ciência da Faculdade de Eduçação da USP e do Museu Biológico do Instituto Butantã, de São Paulo.
 
Com o Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde (ICICT), unidade da FIOCRUZ, foi produzida a exposição “Plantas Tóxicas”, parte de um projeto maior, que pretende levar à população informações sobre toxicidade em plantas, remédios, produtos de limpeza e animais peçonhentos. 
 
A exposição Nas Pegadas de Darwin, inaugurada em Duque de Caxias durante a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia deste ano, faz parte do acervo do projeto e ganhará novos módulos. A idéia é preparar as comemorações dos 150 anos da teoria da seleção natural, proposta por Darwin e Wallace em 1858 e os duzentos anos, em 2009, do nascimento de Darwin. A exposição foi produzida pelo Medialab da SISSA (Scuola Internazionale Superiore di Studi Avanzati,Trieste) e pela empresa Prospero, Trieste, Itália. No Brasil está sendo montada pelo Museu da Vida/Casa de Oswaldo Cruz/Fiocruz, com apoio do Ministério da Ciência e Tecnologia.
 
Novas parcerias estão sendo construídas: a empresa Escelsa Energias do Brasil patrocinará em 2008 um módulo sobre energia e viagens ao estado do Espírito Santo; com o Museu Nacional / UFRJ ofereceremos oficinas nas quais as crianças simulam escavações de fósseis; e com o projeto DNA vai à Escola, levaremos um módulo ao público e oficinas que auxiliam os professores a trabalhar a biologia molecular em sala de aula.

Um ano de história em fotos.


 Patrocínio:
Link para o site Invivo
link para o site do explorador mirim
link para o site brasiliana

funcionamento terça a sexta-feira: 9-16h30, sábados: 10h-16h

agendamento de visitas (0xx21) 25906747

Fiocruz, Av. Brasil, 4365 - Manguinhos, Rio de Janeiro| CEP: 21045-900

Copyright © Museu da vida | Casa de Oswaldo Cruz | Fiocruz

museudavida@fiocruz.br

O Museu da Vida faz parte de:

abcmc astc redpop ecsite icom

Amigos do Museu da Vida: uma rede de Saúde, ciência e cultura

patrocínio master

ibm dataprev conheça