Ir para o conteúdo

Elaborada pelo Museu da Vida em parceria com a Sociedade Brasileira de Química (SBQ), com apoio do Ministério da Ciência e Tecnologia, a exposição “A química no cotidiano” fez parte das comemorações do Ano Internacional da Química (2011). A mostra foi composta por painéis divididos em quatro módulos: Energia e Sustentabilidade; Materiais; Alimentos e Saúde.

No módulo Energia, os combustíveis foram protagonistas. Da revolução iniciada com a perfuração dos poços de petróleo às viagens espaciais, os painéis abordaram avanços importantes da química nessa área, incluindo a busca por combustíveis mais baratos e menos poluentes, como o etanol e o biodiesel.

A sustentabilidade nessa e em outras áreas recebeu um painel exclusivo. Ele mostrava como a química está envolvida na luta por um ambiente mais limpo e uma sociedade capaz de consumir de maneira consciente. O uso mais eficiente das matérias primas, as novas formas de reaproveitamento dos materiais e a substituição de energias sujas são alguns exemplos.

Em seguida, a exposição mostrava como o desenvolvimento de novos materiais a partir da química possibilitou enorme avanço nos sistemas de comunicação e no arsenal tecnológico do mundo contemporâneo como um todo, além de contribuir para áreas como moda, esportes e arte. Para o futuro, a nanotecnologia abre ainda mais possibilidades, por exemplo, na produção de novos medicamentos e instrumentos médicos.

A participação da química na saúde também foi destacada, por exemplo, no processo de descoberta das vacinas, na farmacologia, no desenvolvimento de métodos diagnósticos precisos, nos tratamentos estéticos e até mesmo no fornecimento de água potável para a população.

Por fim, o papel da química na produção e conservação dos alimentos foi o tema principal do último módulo da exposição. Ao longo da história, a química contribuiu – e continua contribuindo – na busca de alimentos mais saudáveis e mais apetitosos.

Os 20 painéis que formaram a mostra mediam 0,90m x 1,30m. Acompanhou a exposição um manual de experimentos e sugestões.
Link para o site Invivo
link para o site do explorador mirim
link para o site brasiliana

funcionamento terça a sexta-feira: 9-16h30, sábados: 10h-16h

agendamento de visitas (0xx21) 25906747

Fiocruz, Av. Brasil, 4365 - Manguinhos, Rio de Janeiro| CEP: 21045-900

Copyright © Museu da vida | Casa de Oswaldo Cruz | Fiocruz

museudavida@fiocruz.br

O Museu da Vida faz parte de:

abcmc astc redpop ecsite icom