Ir para o conteúdo

Por Renata Bohrer

 

O Museu da Vida Fiocruz, em parceria com o Laboratório de Biologia Molecular de Insetos (LABIMI) do Instituto Oswaldo Cruz (IOC/FIOCRUZ), apresenta o evento ‘Dia D contra Dengue, Zika e Chikungunya’ em 2 de dezembro (sábado), das 10h às 16h, em Manguinhos, RJ.  Entrada gratuita.   

Na Tenda da Ciência Virgínia Schall, o público poderá assistir à peça “É O Fim da Picada”, que mescla doses de humor e improvisação para abordar diversas questões relacionadas às arboviroses (doenças) transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti.  Serão duas sessões, às 11h e 13h30.  Ao final de cada apresentação teatral, acontece uma roda de conversa com as pesquisadoras do LABIMI Rafaela Bruno, Luciana Araripe e Renata Maia. Também estará presente no bate-papo o líder de Operações do World Mosquito Program (WMP) Brasil Gabriel Sylvestre.  

A mostra ‘Aedes: que mosquito é esse?’, que conta com a gestão cultural da Associação Amigos do Museu da Vida Fiocruz e apoio da Rede Dengue, Zika e Chikungunya da Fiocruz, e o patrocínio da SC Johnson, estará aberta ao público com atividade especial. Após percorrer toda a exposição interativa com os nossos mediadores, os visitantes poderão participar da atividade ‘MosquitoMania’, com os bolsistas do LABIMI. A exposição, que pode ser visitada no Castelo da Fiocruz*.  

Durante a atividade, os visitantes puderam observar mosquitos vivos em suas diferentes fases biológicas com o auxílio de lupas e sob a orientação de bolsistas e pesquisadoras do LABIMI. 

A pesquisadora Renata Maia destacou que, com essa primeira ação colaborativa entre o LABIMI e o Museu da Vida Fiocruz, foi possível associar o conhecimento científico produzido no laboratório com ações de divulgação científica. "O público pôde ver na lupa a larva, a pupa e o mosquito vivos. Observaram ainda que, quando tiramos as larvas da água, elas morrem em pouco tempo. O público experenciou a informação, e isso dá sentido a ela", destacou.   

Quem passar pela Pirâmide, no Parque da Ciência, poderá conferir os documentários ‘O mundo macro e micro do mosquito Aedes aegypti – para combatê-lo é preciso conhecê-lo' e ‘Aedes aegypti e Aedes albopictus: uma ameaça nos trópicos’, dirigidos por Genilton José Vieira, do Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz).    

Neste dia também acontece o lançamento da série de cordel com a temática arboviroses, do autor Leo Saulo. Na ocasião, a contadora de histórias Ellen Grace fará uma intervenção artística de um dos folhetos da série sobre a dengue. 

O ‘Dia D contra Dengue, Zika e Chikungunya’ tem como objetivo somar forças junto às campanhas nacionais, sensibilizando cada visitante sobre a importância da manutenção de algumas práticas no ambiente domiciliar como medidas preventivas contra a proliferação do mosquito transmissor de arboviroses.  

Esta é uma iniciativa do Museu da Vida Fiocruz e do LABIMI (IOC/FIOCRUZ), que é referência no estudo de insetos vetores de doenças tropicais. 

  

Programação completa: 

Peça 'É O Fim da Picada!' e Roda de Conversa com especialistas 

Onde: Tenda da Ciência Virgínia Schall (em dois horários: às 11h e às 13h30)  

Idade: a partir de 12 anos  

Com bom humor e doses de improviso, cenas de diálogo com o público vão sendo costuradas para abordar temas relacionados à dengue, zika e chikungunya. Ao final de cada apresentação, haverá uma roda de conversa com pesquisadores do LABIMI e do WMP Brasil (método Wolbachia). 

 

Convidados para a roda de conversa (breve apresentação):

  • Rafaela Vieira Bruno - Doutora em Ciências Biológicas (Biofísica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2005). Experiência em Genética Animal e Entomologia Molecular, com ênfase em Biologia Molecular do Desenvolvimento de Insetos e em Genética Molecular do Comportamento de Insetos Vetores. Atualmente é Pesquisadora Titular em Saúde Pública na FIOCRUZ e chefe do LABIMI.    

  • Luciana Ordunha Araripe - Doutora em Genética e Evolução pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp - 2005) com período sanduíche no CNRS (França). Experiência na área de Genética, com ênfase em Evolução Molecular de insetos. É pesquisadora no LABIMI (IOC, Fiocruz).    

  • Renata Monteiro Maia - Doutora em Ciências pela Fundação Oswaldo Cruz (2017). É pesquisadora em Saúde Pública da FIOCRUZ, alocada no LABIMI. Atualmente, dedica-se a projetos que relacionam educação-pesquisa-extensão, educação em saúde e divulgação científica.   

  • Gabriel Sylvestre - Doutor em Ciências do Programa de pós-graduação Stricto Sensu em Biologia Parasitária do Instituto Oswaldo Cruz. Tem experiência na área de Parasitologia, com ênfase em Entomologia, Parasitos e Vetores, atuando principalmente em pesquisas de campo e laboratório que envolvem os seguintes temas: Aedes aegypti, vírus dengue, Wolbachia e interação parasita-hospedeiro. Atualmente é líder de Operações do World Mosquito Program (WMP) Brasil, Fiocruz/RJ. 

 

*É necessário a retirada de senha no Centro de Recepção do Museu da Vida Fiocruz. A distribuição de senha é feita por ordem de chegada e a capacidade de público é de acordo com o espaço da atividade, que está sujeito à lotação.  

 

Exposição Aedes: Que Mosquito É Esse?  

Onde: Sala 308 do Castelo da Fiocruz / Museu da Vida Fiocruz, das 10h às 16h 

Idade: livre    

Em sua versão completa, a exposição 'Aedes: Que mosquito é esse?' aborda todo o universo do mosquito Aedes aegypti a partir de diversos recursos tecnológicos e visuais.  Saiba mais aqui.

    

*É necessário a retirada de senha no Centro de Recepção do Museu da Vida Fiocruz. A distribuição de senha é feita por ordem de chegada e a capacidade de público é de acordo com o espaço da atividade, que está sujeito à lotação.   

 

Atividade MosquitoMania/ LABIMI 

Onde: Sala 308 do Castelo da Fiocruz / Museu da Vida Fiocruz (exposição Aedes), das 10h às 16h 

Idade: livre    

Em 'MosquitoMania', os visitantes poderão observar mosquitos vivos do Aedes aegypti e entender mais detalhes sobre o ciclo biológico desses insetos com os bolsistas do LABIMI Aline Possati Cupolillo (mestranda no Programa de Pós-graduação em Biologia Parasitária), Lucas de Oliveira de Alcantara (mestranda no Programa de Pós-graduação em Biologia Celular e Molecular) e Léo Nava Piorsky Dominici Cruz (doutorando no Programa de Pós-graduação em Biologia Celular e Molecular). 

 

*É necessário a retirada de senha no Centro de Recepção do Museu da Vida Fiocruz. A distribuição de senha é feita por ordem de chegada e a capacidade de público é de acordo com o espaço da atividade, que está sujeito à lotação.  

 

Exibição de documentários  

Onde: Pirâmide (no Parque da Ciência)  

Idade: livre  

Exibição dos documentários ‘O mundo macro e micro do mosquito Aedes aegypti – para combatê-lo é preciso conhecê-lo' e ‘Aedes aegypti e Aedes albopictus: uma ameaça nos trópicos’, dirigidos por Genilton José Vieira, do Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz).   

 

Lançamento da série de cordel sobre arboviroses 

Idade: livre 

A série de cordel com a temática arboviroses tem a autoria de Leo Salo e contou com a consultoria científica de Miguel de Oliveira, ambos do Serviço de Educação/MVF. Durante o lançamento, a contadora de histórias Ellen Grace fará uma intervenção artística sobre o cordel da dengue.

 

Serviço 

Dia D no Museu da Vida Fiocruz  

Quando: Dia 2 de dezembro, das 10h às 16h  

Onde: Campus Fiocruz (endereço: Av. Brasil, 4365, Manguinhos, Rio de Janeiro)  

Entrada gratuita 

 

*ATENÇÃO! Informamos que, excepcionalmente no dia 2/12 (sábado), a cantina do Centro de Recepção irá funcionar até às 13h. 

 

Publicado em 24 de novembro de 2023.

Link para o site Invivo
link para o site do explorador mirim
link para o site brasiliana

Funcionamento:  de terça a sexta, das 9h às 16h30; sábados, das 10h às 16h.

Fiocruz: Av. Brasil, 4365, Manguinhos, Rio de Janeiro. CEP: 21040-900

Contato: museudavida@fiocruz.br | (21) 3865-2128

Assessoria de imprensa: divulgacao@fiocruz.br

Copyright © Museu da vida | Casa de Oswaldo Cruz | Fiocruz

conheça