Ir para o conteúdo

Compartilhe

Facebook Twitter Imprimir
 
O caminhão da ciência chegou à cidade em 2014, com várias atrações que conjugavam ciência e diversão.
 
Um museu itinerante que leva diversos módulos interativos e atrações de arte e cultura pela região Sudeste do país. Este é o projeto “Ciência Móvel – Vida e Saúde para Todos”, que, em sete anos, já percorreu quase 70 cidades em mais de 100 viagens, alcançando um público estimado em 600 mil pessoas.

Estudantes, familiares e demais públicos da cidade de Rio das Ostras, na Região dos Lagos, conheceram atrações como os módulos planetário inflável, o girotech (um simulador de movimentos como os que são executados em treinamento de astronautas), a bancada de microscopia, a bicicleta geradora, a pilha humana, a casa maquete e a miniusina hidrelétrica.

Também puderam interagir com os tubos musicais, os modelos de olho humano e as exposições “Dengue” e “Energia”. O caminhão da ciência carrega ainda um componente artístico como sua nova atração: esquetes com a Companhia Teatral Ziripitó, encenados junto aos módulos.

A visita a Rio das Ostras foi agendada para os dias 22 e 23 de maio de 2014 (quinta e sexta-feira), no ginásio poliesportivo Benedito Zarour, em Jardim Marileia, que fica perto da sede da prefeitura. A entrada foi gratuita.

A proposta do projeto é oferecer um espaço de descoberta, reflexão e encantamento, por meio de atividades interativas, cujos temas centrais são a vida e sua diversidade, a promoção da saúde e a intervenção do homem sobre o ser vivo e o ambiente, compreendendo os mais diversos campos do conhecimento: biologia, física, química, astronomia e arte. Desta forma, o projeto quer aproximar a ciência do cotidiano das pessoas fazendo divulgação científica.

A iniciativa é uma parceria do Museu da Vida (Casa de Oswaldo Cruz/Fiocruz), com a secretaria de Educação do município, cuja população estimada pelo IBGE é de pouco mais de 122 mil habitantes.

A cidade de Rio das Ostras possui área de 230 mil m² e está localizado a 170 quilômetros da capital fluminense. Em 2014, completou 22 anos de fundação. Rio das Ostras possui quase 23 mil alunos, distribuídos no ensino fundamental e médio. Com localização na chamada Costa do Sol, a cidade recebe visitantes de todo o país interessados em seus 28 quilômetros de litoral.

Aprovado pela Lei Rouanet (Ministério da Cultura) – o projeto “Ciência Móvel – Vida e Saúde para Todos” conta com as parcerias da Fundação Centro de Ciências e Educação Superior à Distância do Estado do Rio de Janeiro (Cecierj) e de Bio-Manguinhos e o patrocínio da Sanofi e IBM.

A Cia. Teatral Ziripitó surgiu no Rio de Janeiro, fruto da reunião de um grupo de artistas interessados na Commedia Dell’arte e pela cultura brasileira, em 2009. Com uma linguagem inovadora e de cuidado estético, tem a proposta de contribuir para o fortalecimento do teatro infantil. A estreia foi com o espetáculo "O Reino do Feijão Preto", texto inédito de Helton Tinoco.

Projeto “Ciência Móvel – Vida e Saúde para Todos”
Local: Ginásio Poliesportivo Benedito Zarour (Rua Bom Jardim, s/nº J. Marileia)
Data: 22 e 23 de maio. Visitação: Grátis.
Horários de atendimento: 22/5 - das 8h30 às 20h; 23/5 – das 8h30 às 16h.


Publicado em 19/05/2014

Link para o site Invivo
link para o site do explorador mirim
link para o site brasiliana

funcionamento terça a sexta-feira: 9-16h30, sábados: 10h-16h

agendamento de visitas (0xx21) 25906747

Fiocruz, Av. Brasil, 4365 - Manguinhos, Rio de Janeiro| CEP: 21045-900

Copyright © Museu da vida | Casa de Oswaldo Cruz | Fiocruz

museudavida@fiocruz.br

O Museu da Vida faz parte de:

abcmc astc redpop ecsite icom

Amigos do Museu da Vida: uma rede de Saúde, ciência e cultura

patrocínio master

ibm dataprev conheça