Ir para o conteúdo

22/10/2019, terça, 9h às 12h - Tenda SNCT

Asfoc-SN em defesa e valorização da ciência e tecnologia
Folhetos e vídeos sobre o trabalho realizado pelo Sindicato dos Servidores de Ciência, Tecnologia, Produção e Inovação em Saúde Pública.
Público: adolescentes, adultos e idosos

Biodiversidade e Saúde Silvestre
Apresentação do aplicativo SISS-Geo, que, com a participação da sociedade e o uso de tecnologia móvel, monitora a saúde de animais silvestres e gera alertas sobre a circulação de agentes infecciosos, como o vírus da febre amarela. Os visitantes serão convidados a percorrer um circuito onde deverão encontrar modelos de animais em diversas condições de saúde, que deverão ser fotografados e registrados no SISS-Geo, demonstrando como essas informações são utilizadas pelos serviços de saúde para a prevenção de doenças e a conservação da biodiversidade. Os visitantes poderão, também, montar modelos tridimensionais de vetores das principais doenças infecciosas no Brasil.
Público: todos 

Biodiversid’Arte
Exposição de pequenos mamíferos e representação artística de outros, todos representantes do ciclo silvestre da doença de Chagas. Para o público infantil, pintura de desenhos dos animais e produção de máscaras. Para os demais, um quiz sobre temas da exposição.
Público: todos

Bioeconomia e Biodiversidade: conhecer para preservar
Exposição de itens da coleção didático-científica do setor educativo do Museu Nacional que dialogam com o conceito de bioeconomia.
Público: todos

Conhecendo os vermes dos animais de estimação e da floresta
Oficina de massa de modelar com exposição de animais e vermes. Os participantes poderão usar um microscópio para examinar os vermes.
Público: infantil

Desafios da pesca artesanal no Canal do Cunha
Exposição fotográfica sobre o canal do Cunha, o rio Faria Timbó e a Baía de Guanabara, discutindo os desafios de quem sobrevive da pesca artesanal nesses locais.
Público: todos

Detetives da alimentação saudável
Por meio de uma caixa reveladora, os participantes deste jogo vão descobrir o que significam termos como segurança alimentar, agroecologia e alimentos ultraprocessados. Ao final da atividade, os visitantes recebem de presente uma surpresa deliciosa!
Público: todos 

Doença de Chagas: biologia e taxonomia dos vetores
Exposição sobre os principais vetores da doença de Chagas. Os participantes ganharão um atlas e cards sobre o tema.
Público: adolescentes, adultos e idosos

Fungos são a cara da riqueza
Atividade exploratória sobre as formas de utilização dos fungos e seu potencial para o desenvolvimento ambientalmente sustentável da ciência e tecnologia do país.
Público: todos

Gestão Ambiental
A exposição apresenta pontos importantes de uma boa gestão ambiental: fases da compostagem, estações de tratamento de efluentes e reaproveitamento de materiais. Aborda a importância das abelhas para o meio ambiente e inclui, também, uma oficina de plantação de mudas.
Público: todos

HIV e Aids: tire suas dúvidas
A proposta desta atividade é discutir tópicos importantes sobre HIV/Aids a partir da interação com maquetes, jogos, instalações e oficinas. O objetivo é que os participantes tirem suas dúvidas sobre o tema.
Público: todos

Insetos na bioeconomia: uma aventura pelos biomas do Brasil
Exposição sobre os insetos dos diferentes biomas brasileiros e sua importância para um desenvolvimento sustentável. Os participantes poderão utilizar uma lupa para conhecer melhor alguns desses insetos.
Público: todos

Microrganismos: o que eles têm para nos contar sobre bioeconomia?
Exposição e oficinas sobre o papel dos microorganismos na produção de medicamentos, vacinas e alimentos ao longo da história. Os visitantes poderão visualizar microorganismos ao microscópio e aprender mais sobre eles com jogo da memória, quebra-cabeça e caça-palavras.
Público: todos

Minha horta PET, minha vida
Se você já perdeu plantinhas por falta de tempo de regar, esta atividade é pra você! Que tal aprender a montar uma horta com material do cotidiano, sustentável e que não precisa regar todo dia?
Público: todos

Minilaboratório de vacinas
Estande interativo que representa as etapas de produção das vacinas e o funcionamento de alguns processos de pesquisa.
Público: todos

Moluscos continentais de importância econômica e médico-veterinária
Filmes, caixas didáticas e exemplares vivos dos principais moluscos de interesse econômico, ligados à agricultura e à saúde pública.
Público: todos

Olimpíada Brasileira de Saúde e Meio Ambiente e a Agenda 2030
A atividade é um jogo de tabuleiro gigante abordando os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável estabelecidos pela ONU. 
Público: adolescentes

Plantas medicinais: da semente à farmácia
Oficina dividida em quatro partes que representam a cadeia produtiva das plantas medicinais na indústria farmacêutica. A atividade aborda desde a plantação de mudas medicinais até a fabricação de comprimidos, passando pela preparação de chás e extratos, e a testagem dos componentes ativos da planta.
Público: todos

Vetores da Leishmaniose
Apresentação sobre os vetores da leishmaniose, medidas preventivas, ações de promoção da saúde e atividades de educação em saúde.
Público: todos

Vigilância Sanitária: contribuição para a promoção e recuperação da saúde
A exposição aborda o uso racional de medicamentos e o papel das vacinas na prevenção de doenças, além de destacar a importância da leitura dos rótulos dos alimentos para a prevenção ao consumo excessivo de sal.
Público: todos

22/10/2019, terça, manhã - outros espaços

Aventuras da Visão
Como a vista nos engana e faz ver movimento onde há somente uma imagem estática? Como é possível enxergar cores onde, antes, havia apenas preto e branco? Essa atividade explora as percepções e os fenômenos de luz e som, mostrando como a ciência pode explicá-los.
Horário: 9h às 10h e 10h às 11h
Público: todos
Local: Epidauro

Biodiversid’Arte: a caricatura na diversidade dos mamíferos
Uma oficina interativa, com muita ciência e arte, utilizando pequenos mamíferos da fauna local, dialogando sobre conhecimentos científicos e explorando a caricatura e a imaginação. 
Horário: 9h às 10h, 10h às 11h e 11h às 12h
Público: todos
Local: Sala de Vídeo do Centro de Recepção

Borboletário 
Em um grande viveiro ornamentado por plantas e habitado por diferentes espécies, o público mergulha no universo das borboletas e descobre detalhes sobre seu ciclo de vida, hábitos alimentares e outras curiosidades sobre esses seres adoráveis!
Horário: 9h às 10h, 10h às 11h e 11h às 12h 
Público: todos
Local: Borboletário

Cidade Acessível
Nesta exposição interativa, o público é convidado a vivenciar os desafios enfrentados no dia a dia por pessoas com deficiência nas grandes cidades brasileiras. Os visitantes são chamados a exercitar o sentido da empatia e o respeito às diferenças.
Horário: 9h às 10h, 10h às 11h e 11h às 12h
Público: todos
Local: Salão de Exposições Temporárias

O Muro
Instalação fotográfica interativa que exibe múltiplos registros da comunidade do Jacarezinho feitos por quem vive nela.
Horário: 9h às 12h
Público: todos
Local: Cavalariça

Oficina de bioplástico
Venha conhecê-lo: sua importância para a natureza, como é produzido e suas aplicações.
Horário: 9h às 10h, 10h às 11h e 11h às 12h
Público: adolescentes, adultos e idosos
Local: Parque da Ciência

Parque da Ciência
Um parque de diversões e conhecimentos sobre energia, comunicação e organização da vida? Sim, aqui nós temos. E você pode até escalar e brincar de escorrega em uma célula gigante!
Horário: 9h às 10h, 10h às 11h e 11h às 12h
Público: todos
Local: Parque da Ciência

Pirâmide
Muitos jogos e experimentos científicos sobre a vida micro e macroscópica.
Horário: 9h às 10h, 10h às 11h e 11h às 12h
Público: todos
Local: Pirâmide

Saúde da Mulher: artesãs de Manguinhos e suas bonecas grávidas
A partir de diversas peças artesanais, como bonecas grávidas que dão a luz, modelos de seios e vagina, será realizado um bate-papo sobre saúde da mulher. O público também poderá conhecer o processo de confecção das peças. 
Horário: 9h às 10h, 10h às 11h e 11h às 12h
Público: adolescentes, adultos e idosos
Local: Anfiteatro do Centro de Recepção

Visita ao Castelo
O Castelo é a principal edificação do Núcleo Histórico e Arquitetônico de Manguinhos. Ao visitar este senhor centenário, tombado como patrimônio histórico nacional, fatos, fotos e documentos revelam curiosidades de sua construção. O público também pode contemplar a arquitetura em estilo neomourisco, a beleza dos azulejos portugueses e os mosaicos inspirados em tapeçaria árabe. Além da recém-inaugurada exposição "Castelo de Inspirações", recheada de matemática e interatividade, a visita inclui a Sala Costa Lima, com uma incrível coleção de insetos, e a Sala Oswaldo Cruz e Carlos Chagas, com várias informações e curiosidades sobre a vida desses dois importantes cientistas brasileiros. Aproveite para conhecer também o Pavilhão do Relógio com a exposição "Manguinhos Revelado".
Horário: 9h às 10h, 10h às 11h e 11h às 12h
Público: todos
Local: Castelo

Curumim quer música
A peça teatral conta a história de um índio que, preocupado em preservar o meio ambiente e a cultura de seu povo, sai em busca dos sons perdidos da floresta.
Horário: 11h às 12h
Público: crianças
Local: Epidauro

Paracelso, o fenomenal
Paracelso e Ununúltima estão sempre dispostos a apresentar o que aprenderam em suas viagens. Minúcias, malícias e mistérios... Ou seria pura ciência? Num show muito bem-humorado, essa dupla excêntrica realiza várias experiências incríveis e promove um encontro altamente divertido.
Horário: 11h às 12h
Público: todos
Local: Auditório do Museu da Vida 

O problemão da Banda Infinita 
Neste espetáculo teatral, cinco amigos partem em uma aventura musical com muita brincadeira e matemática.
Horário: 11h às 12h
Público: crianças
Local: Tenda da Ciência

Em defesa da vida: mulheres atingidas bordando a resistência
Exposição de painéis confeccionados por mulheres atingidas por barragens do Vale do Guapiaçu, em Cachoeiras de Macacu (RJ). Os painéis utilizam uma técnica de bordado surgida no Chile durante a ditadura militar (Arpilleras).
Horário: 9h às 12h
Público: todos
Local: Centro de Recepção

Maternidades no SUS
A exposição apresenta imagens de mulheres do Norte e Nordeste do Brasil que passam pela experiência da maternidade como usuárias do Sistema Único de Saúde (SUS). Enfoca temas como amamentação, banco de leite, cuidados no pós-parto etc. 
Horário: 9h às 12h
Público: adolescentes, adultos e idosos
Local: Centro de Recepção

Mostra Ver Ciência
Exibição de curtas-metragens com temáticas da divulgação científica.
Horário: 9h às 12h
Público: crianças, adolescentes e adultos
Local: Centro de Recepção

Parto e nascimento no Brasil
Exposição com 15 painéis informativos sobre parir e nascer no Brasil.
Horário: 9h às 12h
Público: adultos
Local: Centro de Recepção

Diversidade vegetal em prol do desenvolvimento sustentável
Mostra de várias espécies vegetais (medicinas, tóxicas etc.) com o objetivo de esclarecer e conscientizar sobre as plantas. Distribuição de mudas e sementes da Trilha do Arboreto do Palácio Itaboraí (Fiocruz Petrópolis).
Horário: 10h às 12h
Público: todos
Local: Jardim do Parque da Ciência

22/10/2019, terça, 13h30 às 16h30 - Tenda SNCT

Biodiversidade e Saúde Silvestre
Apresentação do aplicativo SISS-Geo, que, com a participação da sociedade e o uso de tecnologia móvel, monitora a saúde de animais silvestres e gera alertas sobre a circulação de agentes infecciosos, como o vírus da febre amarela. Os visitantes serão convidados a percorrer um circuito onde deverão encontrar modelos de animais em diversas condições de saúde, que deverão ser fotografados e registrados no SISS-Geo, demonstrando como essas informações são utilizadas pelos serviços de saúde para a prevenção de doenças e a conservação da biodiversidade. Os visitantes poderão, também, montar modelos tridimensionais de vetores das principais doenças infecciosas no Brasil.
Público: todos 

Biodiversid’Arte
Exposição de pequenos mamíferos e representação artística de outros, todos representantes do ciclo silvestre da doença de Chagas. Para o público infantil, pintura de desenhos dos animais e produção de máscaras. Para os demais, um quiz sobre temas da exposição.
Público: todos

Bioeconomia e a sociedade do futuro
Jovens cientistas da Fiocruz demonstram para os visitantes que a bioeconomia está nas vacinas, nos remédios, na água e, principalmente, deve estar nas nossas atitudes!
Público: todos

Bioeconomia e Biodiversidade: conhecer para preservar
Exposição de itens da coleção didático-científica do setor educativo do Museu Nacional que dialogam com o conceito de bioeconomia.
Público: todos

Conhecendo os vermes dos animais de estimação e da floresta
Oficina de massa de modelar com exposição de animais e vermes. Os participantes poderão usar um microscópio para examinar os vermes.
Público: infantil

Desafios da pesca artesanal no Canal do Cunha
Exposição fotográfica sobre o canal do Cunha, o rio Faria Timbó e a Baía de Guanabara, discutindo os desafios de quem sobrevive da pesca artesanal nesses locais.
Público: todos

Detetives da alimentação saudável
Por meio de uma caixa reveladora, os participantes deste jogo vão descobrir o que significam termos como segurança alimentar, agroecologia e alimentos ultraprocessados. Ao final da atividade, os visitantes recebem de presente uma surpresa deliciosa!
Público: todos 

Doença de Chagas: biologia e taxonomia dos vetores
Exposição sobre os principais vetores da doença de Chagas. Os participantes ganharão um atlas e cards sobre o tema.
Público: adolescentes, adultos e idosos

Fungos são a cara da riqueza
Atividade exploratória sobre as formas de utilização dos fungos e seu potencial para o desenvolvimento ambientalmente sustentável da ciência e tecnologia do país.
Público: todos

Gestão Ambiental
A exposição apresenta pontos importantes de uma boa gestão ambiental: fases da compostagem, estações de tratamento de efluentes e reaproveitamento de materiais. Aborda a importância das abelhas para o meio ambiente e inclui, também, uma oficina de plantação de mudas.
Público: todos

HIV e Aids: tire suas dúvidas
A proposta desta atividade é discutir tópicos importantes sobre HIV/Aids a partir da interação com maquetes, jogos, instalações e oficinas. O objetivo é que os participantes tirem suas dúvidas sobre o tema.
Público: todos

Insetos na bioeconomia: uma aventura pelos biomas do Brasil
Exposição sobre os insetos dos diferentes biomas brasileiros e sua importância para um desenvolvimento sustentável. Os participantes poderão utilizar uma lupa para conhecer melhor alguns desses insetos.
Público: todos

Microrganismos: o que eles têm para nos contar sobre bioeconomia?
Exposição e oficinas sobre o papel dos microorganismos na produção de medicamentos, vacinas e alimentos ao longo da história. Os visitantes poderão visualizar microorganismos ao microscópio e aprender mais sobre eles com jogo da memória, quebra-cabeça e caça-palavras.
Público: todos

Minha horta PET, minha vida
Se você já perdeu plantinhas por falta de tempo de regar, esta atividade é pra você! Que tal aprender a montar uma horta com material do cotidiano, sustentável e que não precisa regar todo dia?
Público: todos

Minilaboratório de vacinas
Estande interativo que representa as etapas de produção das vacinas e o funcionamento de alguns processos de pesquisa.
Público: todos

Moluscos continentais de importância econômica e médico-veterináriaFilmes, caixas didáticas e exemplares vivos dos principais moluscos de interesse econômico, ligados à agricultura e à saúde pública.
Público: todos

Olimpíada Brasileira de Saúde e Meio Ambiente e a Agenda 2030
A atividade é um jogo de tabuleiro gigante abordando os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável estabelecidos pela ONU. 
Público: adolescentes

Vetores da Leishmaniose
Apresentação sobre os vetores da leishmaniose, medidas preventivas, ações de promoção da saúde e atividades de educação em saúde.
Público: todos

Vigilância Sanitária: contribuição para a promoção e recuperação da saúde
A exposição aborda o uso racional de medicamentos e o papel das vacinas na prevenção de doenças, além de destacar a importância da leitura dos rótulos dos alimentos para a prevenção ao consumo excessivo de sal.
Público: todos

***

No Espaço Lounge:

Meu corpo: quem vê e como vê
Um espaço de reflexão e discussão sobre sexualidade e gênero buscando descontruir estereótipos. Em uma abordagem interativa, os participantes serão convidados a construir um corpo a partir do qual será feito um debate sobre diferenças de gênero, tabus e preconceitos.
Horário: das 13h30 às 14h30 e das 15h30 às 16h30
Público: adolescentes e adultos

Como posso ajudar meu filho especial 
Exposição fotográfica humanizada de pessoas com deficiência e seus familiares. Atividades lúdicas inclusivas.
Horário: 14h30 às 15h30
Público: todos

22/10/2019, terça, tarde - outros espaços

Curumim quer música
A peça teatral conta a história de um índio que, preocupado em preservar o meio ambiente e a cultura de seu povo, sai em busca dos sons perdidos da floresta.
Horário: 13h30 às 14h30
Público: crianças
Local: Epidauro

O problemão da Banda Infinita 
Neste espetáculo teatral, cinco amigos partem em uma aventura musical com muita brincadeira e matemática.
Horário: 13h30 às 14h30
Público: crianças
Local: Tenda da Ciência

Hepatite C tem cura
Apresentação sobre diagnóstico, sintomas, formas de transmissão e esclarecimentos sobre os novos medicamentos para cura da hepatite C disponíveis pelo SUS.
Horário: 13h30 às 14h30 e 14h30 às 15h30
Público: adolescentes, adultos e idosos
Local: Foyer do Museu da Vida

Meu corpo: quem vê e como vê
Um espaço de reflexão e discussão sobre sexualidade e gênero buscando descontruir estereótipos. Em uma abordagem interativa, os participantes serão convidados a construir um corpo a partir do qual será feito um debate sobre diferenças de gênero, tabus e preconceitos.
Horário: das 13h30 às 14h30 e das 15h30 às 16h30
Público: adolescentes e adultos
Local: Lounge da Tenda SNCT

Biodiversid’Arte: a caricatura na diversidade dos mamíferos
Uma oficina interativa, com muita ciência e arte, utilizando pequenos mamíferos da fauna local, dialogando sobre conhecimentos científicos e explorando a caricatura e a imaginação. 
Horário: 13h30 às 14h30, 14h30 às 15h30 e 15h30 às 16h30
Público: todos
Local: Sala de Vídeo do Centro de Recepção

Borboletário 
Em um grande viveiro ornamentado por plantas e habitado por diferentes espécies, o público mergulha no universo das borboletas e descobre detalhes sobre seu ciclo de vida, hábitos alimentares e outras curiosidades sobre esses seres adoráveis!
Horário: 13h30 às 14h30, 14h30 às 15h30 e 15h30 às 16h30 
Público: todos
Local: Borboletário

Cidade Acessível
Nesta exposição interativa, o público é convidado a vivenciar os desafios enfrentados no dia a dia por pessoas com deficiência nas grandes cidades brasileiras. Os visitantes são chamados a exercitar o sentido da empatia e o respeito às diferenças.
Horário: 13h30 às 14h30, 14h30 às 15h30 e 15h30 às 16h30
Público: todos
Local: Salão de Exposições Temporárias

Jardim de histórias
Contadores de histórias em ação em um espaço de convivência e incentivo à leitura. A atividade contará com intérprete de Libras e haverá doação de livros.
Horário: 13h30 às 14h30, 14h30 às 15h30 e 15h30 às 16h30
Público: todos
Local: Jardim do Parque da Ciência

O Muro
Instalação fotográfica interativa que exibe múltiplos registros da comunidade do Jacarezinho feitos por quem vive nela.
Horário: 13h30 às 16h30
Público: todos
Local: Cavalariça

Oficina de bioplástico
Venha conhecê-lo: sua importância para a natureza, como é produzido e suas aplicações.
Horário: 13h30 às 14h30, 14h30 às 15h30 e 15h30 às 16h30
Público: adolescentes, adultos e idosos
Local: Parque da Ciência

Parque da Ciência
Um parque de diversões e conhecimentos sobre energia, comunicação e organização da vida? Sim, aqui nós temos. E você pode até escalar e brincar de escorrega em uma célula gigante!
Horário: 13h30 às 14h30, 14h30 às 15h30 e 15h30 às 16h30
Público: todos
Local: Parque da Ciência

Pirâmide
Muitos jogos e experimentos científicos sobre a vida micro e macroscópica.
Horário: 13h30 às 14h30, 14h30 às 15h30 e 15h30 às 16h30
Público: todos
Local: Pirâmide

Saúde da Mulher: artesãs de Manguinhos e suas bonecas grávidas
A partir de diversas peças artesanais, como bonecas grávidas que dão a luz, modelos de seios e vagina, será realizado um bate-papo sobre saúde da mulher. O público também poderá conhecer o processo de confecção das peças. 
Horário: 13h30 às 14h30, 14h30 às 15h30 e 15h30 às 16h30
Público: adolescentes, adultos e idosos
Local: Anfiteatro do Centro de Recepção

Visita ao Castelo
O Castelo é a principal edificação do Núcleo Histórico e Arquitetônico de Manguinhos. Ao visitar este senhor centenário, tombado como patrimônio histórico nacional, fatos, fotos e documentos revelam curiosidades de sua construção. O público também pode contemplar a arquitetura em estilo neomourisco, a beleza dos azulejos portugueses e os mosaicos inspirados em tapeçaria árabe. Além da recém-inaugurada exposição "Castelo de Inspirações", recheada de matemática e interatividade, a visita inclui a Sala Costa Lima, com uma incrível coleção de insetos, e a Sala Oswaldo Cruz e Carlos Chagas, com várias informações e curiosidades sobre a vida desses dois importantes cientistas brasileiros. Aproveite para conhecer também o Pavilhão do Relógio com a exposição "Manguinhos Revelado".
Horário: 13h30 às 14h30, 14h30 às 15h30 e 15h30 às 16h30
Público: todos
Local: Castelo

Aventuras da Visão
Como a vista nos engana e faz ver movimento onde há somente uma imagem estática? Como é possível enxergar cores onde, antes, havia apenas preto e branco? Essa atividade explora as percepções e os fenômenos de luz e som, mostrando como a ciência pode explicá-los.
Horário: 14h30 às 15h30 e 15h30 às 16h30
Público: todos
Local: Epidauro

Como posso ajudar meu filho especial 
Exposição fotográfica humanizada de pessoas com deficiência e seus familiares. Atividades lúdicas inclusivas.
Horário: 14h30 às 15h30
Público: todos
Local: Lounge da Tenda SNCT

Paracelso, o fenomenal
Paracelso e Ununúltima estão sempre dispostos a apresentar o que aprenderam em suas viagens. Minúcias, malícias e mistérios... Ou seria pura ciência? Num show muito bem-humorado, essa dupla excêntrica realiza várias experiências incríveis e promove um encontro altamente divertido.
Horário: 15h30 às 16h30
Público: todos
Local: Auditório do Museu da Vida 

Em defesa da vida: mulheres atingidas bordando a resistência
Exposição de painéis confeccionados por mulheres atingidas por barragens do Vale do Guapiaçu, em Cachoeiras de Macacu (RJ). Os painéis utilizam uma técnica de bordado surgida no Chile durante a ditadura militar (Arpilleras).
Horário: 13h30 às 16h30
Público: todos
Local: Centro de Recepção

Maternidades no SUS
A exposição apresenta imagens de mulheres do Norte e Nordeste do Brasil que passam pela experiência da maternidade como usuárias do Sistema Único de Saúde (SUS). Enfoca temas como amamentação, banco de leite, cuidados no pós-parto etc. 
Horário: 13h30 às 16h30
Público: adolescentes, adultos e idosos
Local: Centro de Recepção

Mostra Ver Ciência
Exibição de curtas-metragens com temáticas da divulgação científica.
Horário: 13h30 às 16h30
Público: crianças, adolescentes e adultos
Local: Centro de Recepção

Parto e nascimento no Brasil
Exposição com 15 painéis informativos sobre parir e nascer no Brasil.
Horário: 13h30 às 16h30
Público: adultos
Local: Centro de Recepção

23/10/2019, quarta, 9h às 12h - Tenda SNCT

Arbovírus circulantes no Brasil: dengue, febre amarela, zika e chikungunya
O tema será abordado a partir de jogos de tabuleiro e de computador.
Público: todos

Asfoc-SN em defesa e valorização da ciência e tecnologia
Folhetos e vídeos sobre o trabalho realizado pelo Sindicato dos Servidores de Ciência, Tecnologia, Produção e Inovação em Saúde Pública.
Público: adolescentes, adultos e idosos

Aventura nos biomas brasileiros
Um jogo onde os participantes deverão associar aos biomas brasileiros informações sobre biodiversidade, economia, impactos ambientais e localizações. Os visitantes serão instigados também a verificar o que é verdadeiro ou falso nas notícias apresentadas no jogo “Fato ou fake dos biomas”.
Público: adolescentes, adultos e idosos

Biodiversid’Arte
Exposição de pequenos mamíferos e representação artística de outros, todos representantes do ciclo silvestre da doença de Chagas. Para o público infantil, pintura de desenhos dos animais e produção de máscaras. Para os demais, um quiz sobre temas da exposição.
Público: todos

Conhecendo as parasitoses intestinais: um papo de cocô que fica interessante
A atividade apresenta o ciclo evolutivo dos parasitos intestinais de maneira lúdica e criativa, com observação ao microscópio, exposição de vermes conservados, peças sintéticas e uma caixa que detecta sujeira.
Público: todos

Conhecendo os vermes dos animais de estimação e da floresta
Oficina de massa de modelar com exposição de animais e vermes. Os participantes poderão usar um microscópio para examinar os vermes.
Público: infantil

Desafios da pesca artesanal no Canal do Cunha
Exposição fotográfica sobre o canal do Cunha, o rio Faria Timbó e a Baía de Guanabara, discutindo os desafios de quem sobrevive da pesca artesanal nesses locais.
Público: todos

Detetives da alimentação saudável
Por meio de uma caixa reveladora, os participantes deste jogo vão descobrir o que significam termos como segurança alimentar, agroecologia e alimentos ultraprocessados. Ao final da atividade, os visitantes recebem de presente uma surpresa deliciosa!
Público: todos 

Doença de Chagas: biologia e taxonomia dos vetores
Exposição sobre os principais vetores da doença de Chagas. Os participantes ganharão um atlas e cards sobre o tema.
Público: adolescentes, adultos e idosos

Experimentando consciência na bioeconomia
Oficinas que vão discutir as diversas formas de se obter e utilizar a energia elétrica, de maneira simples e sustentável, sob a perspectiva da bioeconomia. Os participantes poderão levar o resultado de seus experimentos para casa.
Público: todos

Fungos são a cara da riqueza
Atividade exploratória sobre as formas de utilização dos fungos e seu potencial para o desenvolvimento ambientalmente sustentável da ciência e tecnologia do país.
Público: todos

Gestão Ambiental
A exposição apresenta pontos importantes de uma boa gestão ambiental: fases da compostagem, estações de tratamento de efluentes e reaproveitamento de materiais. Aborda a importância das abelhas para o meio ambiente e inclui, também, uma oficina de plantação de mudas.
Público: todos

HIV e Aids: tire suas dúvidas
A proposta desta atividade é discutir tópicos importantes sobre HIV/Aids a partir da interação com maquetes, jogos, instalações e oficinas. O objetivo é que os participantes tirem suas dúvidas sobre o tema.
Público: todos

Insetos na bioeconomia: uma aventura pelos biomas do Brasil
Exposição sobre os insetos dos diferentes biomas brasileiros e sua importância para um desenvolvimento sustentável. Os participantes poderão utilizar uma lupa para conhecer melhor alguns desses insetos.
Público: todos

Microrganismos: o que eles têm para nos contar sobre bioeconomia?
Exposição e oficinas sobre o papel dos microorganismos na produção de medicamentos, vacinas e alimentos ao longo da história. Os visitantes poderão visualizar microorganismos ao microscópio e aprender mais sobre eles com jogo da memória, quebra-cabeça e caça-palavras.
Público: todos

Minha horta PET, minha vida
Se você já perdeu plantinhas por falta de tempo de regar, esta atividade é pra você! Que tal aprender a montar uma horta com material do cotidiano, sustentável e que não precisa regar todo dia?
Público: todos

Minilaboratório de vacinas
Estande interativo que representa as etapas de produção das vacinas e o funcionamento de alguns processos de pesquisa.
Público: todos

Moluscos continentais de importância econômica e médico-veterináriaFilmes, caixas didáticas e exemplares vivos dos principais moluscos de interesse econômico, ligados à agricultura e à saúde pública.
Público: todos

Olimpíada Brasileira de Saúde e Meio Ambiente e a Agenda 2030
A atividade é um jogo de tabuleiro gigante abordando os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável estabelecidos pela ONU. 
Público: adolescentes

Paleoparasitologia: o que é isso? 
Nesta gincana, os visitantes vão descobrir o que é a paleoparasitologia por meio de atividades como mini-escavação, visualização de pinturas rupestres, quebra-cabeça, jogo da memória e desenhos para colorir. 
Público: infantil

Plantas medicinais: da semente à farmácia
Oficina dividida em quatro partes que representam a cadeia produtiva das plantas medicinais na indústria farmacêutica. A atividade aborda desde a plantação de mudas medicinais até a fabricação de comprimidos, passando pela preparação de chás e extratos, e a testagem dos componentes ativos da planta.
Público: todos

Vetores da Leishmaniose
Apresentação sobre os vetores da leishmaniose, medidas preventivas, ações de promoção da saúde e atividades de educação em saúde.
Público: todos

Vigilância Sanitária: contribuição para a promoção e recuperação da saúde
A exposição aborda o uso racional de medicamentos e o papel das vacinas na prevenção de doenças, além de destacar a importância da leitura dos rótulos dos alimentos para a prevenção ao consumo excessivo de sal.
Público: todos

***

No Espaço Lounge:

Divulgação científica e promoção da saúde: fato ou fake?
A oficina vai explorar o conhecimento do público sobre questões que envolvem conceitos de saúde.
Horário: 10h às 11h e 11h às 12h
Público: adolescentes

23/10/2019, quarta, manhã - outros espaços

Aventuras da Visão
Como a vista nos engana e faz ver movimento onde há somente uma imagem estática? Como é possível enxergar cores onde, antes, havia apenas preto e branco? Essa atividade explora as percepções e os fenômenos de luz e som, mostrando como a ciência pode explicá-los.
Horário: 9h às 10h e 10h às 11h
Público: todos
Local: Epidauro

Projeto Memória da Reforma Psiquiátrica
A atividade vai apresentar o papel da economia solidária e das iniciativas de arte-cultura na inclusão social de pessoas com transtornos mentais.
Horário: 9h às 10h e 10h às 11h
Público: adultos
Local: Foyer do Museu da Vida

Biodiversid’Arte: a caricatura na diversidade dos mamíferos
Uma oficina interativa, com muita ciência e arte, utilizando pequenos mamíferos da fauna local, dialogando sobre conhecimentos científicos e explorando a caricatura e a imaginação. 
Horário: 9h às 10h, 10h às 11h e 11h às 12h
Público: todos
Local: Sala de Vídeo do Centro de Recepção

Borboletário 
Em um grande viveiro ornamentado por plantas e habitado por diferentes espécies, o público mergulha no universo das borboletas e descobre detalhes sobre seu ciclo de vida, hábitos alimentares e outras curiosidades sobre esses seres adoráveis!
Horário: 9h às 10h, 10h às 11h e 11h às 12h 
Público: todos
Local: Borboletário

Cidade Acessível
Nesta exposição interativa, o público é convidado a vivenciar os desafios enfrentados no dia a dia por pessoas com deficiência nas grandes cidades brasileiras. Os visitantes são chamados a exercitar o sentido da empatia e o respeito às diferenças.
Horário: 9h às 10h, 10h às 11h e 11h às 12h
Público: todos
Local: Salão de Exposições Temporárias

O Muro
Instalação fotográfica interativa que exibe múltiplos registros da comunidade do Jacarezinho feitos por quem vive nela.
Horário: 9h às 12h
Público: todos
Local: Cavalariça

Oficina de bioplástico
Venha conhecê-lo: sua importância para a natureza, como é produzido e suas aplicações.
Horário: 9h às 10h, 10h às 11h e 11h às 12h
Público: adolescentes, adultos e idosos
Local: Parque da Ciência

Parque da Ciência
Um parque de diversões e conhecimentos sobre energia, comunicação e organização da vida? Sim, aqui nós temos. E você pode até escalar e brincar de escorrega em uma célula gigante!
Horário: 9h às 10h, 10h às 11h e 11h às 12h
Público: todos
Local: Parque da Ciência

Pirâmide
Muitos jogos e experimentos científicos sobre a vida micro e macroscópica.
Horário: 9h às 10h, 10h às 11h e 11h às 12h
Público: todos
Local: Pirâmide

Saúde da Mulher: artesãs de Manguinhos e suas bonecas grávidas
A partir de diversas peças artesanais, como bonecas grávidas que dão a luz, modelos de seios e vagina, será realizado um bate-papo sobre saúde da mulher. O público também poderá conhecer o processo de confecção das peças. 
Horário: 9h às 10h, 10h às 11h e 11h às 12h
Público: adolescentes, adultos e idosos
Local: Anfiteatro do Centro de Recepção

Visita ao Castelo
O Castelo é a principal edificação do Núcleo Histórico e Arquitetônico de Manguinhos. Ao visitar este senhor centenário, tombado como patrimônio histórico nacional, fatos, fotos e documentos revelam curiosidades de sua construção. O público também pode contemplar a arquitetura em estilo neomourisco, a beleza dos azulejos portugueses e os mosaicos inspirados em tapeçaria árabe. Além da recém-inaugurada exposição "Castelo de Inspirações", recheada de matemática e interatividade, a visita inclui a Sala Costa Lima, com uma incrível coleção de insetos, e a Sala Oswaldo Cruz e Carlos Chagas, com várias informações e curiosidades sobre a vida desses dois importantes cientistas brasileiros. Aproveite para conhecer também o Pavilhão do Relógio com a exposição "Manguinhos Revelado".
Horário: 9h às 10h, 10h às 11h e 11h às 12h
Público: todos
Local: Castelo

Divulgação científica e promoção da saúde: fato ou fake?
A oficina vai explorar o conhecimento do público sobre questões que envolvem conceitos de saúde.
Horário: 10h às 11h e 11h às 12h
Público: adolescentes
Local: Lounge da Tenda SNCT

É o fim da picada 
Com bom humor e doses de improviso, cenas de diálogo com o público vão sendo costuradas para abordar temas relacionados à dengue, zika e chikungunya.
Horário: 11h às 12h
Público: adolescentes, adultos e idosos
Local: Epidauro

Paracelso, o fenomenal
Paracelso e Ununúltima estão sempre dispostos a apresentar o que aprenderam em suas viagens. Minúcias, malícias e mistérios... Ou seria pura ciência? Num show muito bem-humorado, essa dupla excêntrica realiza várias experiências incríveis e promove um encontro altamente divertido.
Horário: 11h às 12h
Público: todos
Local: Auditório do Museu da Vida 

O problemão da Banda Infinita 
Neste espetáculo teatral, cinco amigos partem em uma aventura musical com muita brincadeira e matemática.
Horário: 11h às 12h
Público: crianças
Local: Tenda da Ciência

Em defesa da vida: mulheres atingidas bordando a resistência
Exposição de painéis confeccionados por mulheres atingidas por barragens do Vale do Guapiaçu, em Cachoeiras de Macacu (RJ). Os painéis utilizam uma técnica de bordado surgida no Chile durante a ditadura militar (Arpilleras).
Horário: 9h às 12h
Público: todos
Local: Centro de Recepção

Maternidades no SUS
A exposição apresenta imagens de mulheres do Norte e Nordeste do Brasil que passam pela experiência da maternidade como usuárias do Sistema Único de Saúde (SUS). Enfoca temas como amamentação, banco de leite, cuidados no pós-parto etc. 
Horário: 9h às 12h
Público: adolescentes, adultos e idosos
Local: Centro de Recepção

Mostra Ver Ciência
Exibição de curtas-metragens com temáticas da divulgação científica.
Horário: 9h às 12h
Público: crianças, adolescentes e adultos
Local: Centro de Recepção

Parto e nascimento no Brasil
Exposição com 15 painéis informativos sobre parir e nascer no Brasil.
Horário: 9h às 12h
Público: adultos
Local: Centro de Recepção

23/10/2019, quarta, 13h30 às 16h30 - Tenda SNCT

Arbovírus circulantes no Brasil: dengue, febre amarela, zika e chikungunya
O tema será abordado a partir de jogos de tabuleiro e de computador.
Público: todos

Asfoc-SN em defesa e valorização da ciência e tecnologia
Folhetos e vídeos sobre o trabalho realizado pelo Sindicato dos Servidores de Ciência, Tecnologia, Produção e Inovação em Saúde Pública.
Público: adolescentes, adultos e idosos

Aventura nos biomas brasileiros
Um jogo onde os participantes deverão associar aos biomas brasileiros informações sobre biodiversidade, economia, impactos ambientais e localizações. Os visitantes serão instigados também a verificar o que é verdadeiro ou falso nas notícias apresentadas no jogo “Fato ou fake dos biomas”.
Público: adolescentes, adultos e idosos

Biodiversid’Arte
Exposição de pequenos mamíferos e representação artística de outros, todos representantes do ciclo silvestre da doença de Chagas. Para o público infantil, pintura de desenhos dos animais e produção de máscaras. Para os demais, um quiz sobre temas da exposição.
Público: todos

Bioeconomia e a sociedade do futuro
Jovens cientistas da Fiocruz demonstram para os visitantes que a bioeconomia está nas vacinas, nos remédios, na água e, principalmente, deve estar nas nossas atitudes!
Público: todos

Conhecendo as parasitoses intestinais: um papo de cocô que fica interessante
A atividade apresenta o ciclo evolutivo dos parasitos intestinais de maneira lúdica e criativa, com observação ao microscópio, exposição de vermes conservados, peças sintéticas e uma caixa que detecta sujeira.
Público: todos

Conhecendo os vermes dos animais de estimação e da floresta
Oficina de massa de modelar com exposição de animais e vermes. Os participantes poderão usar um microscópio para examinar os vermes.
Público: infantil

Desafios da pesca artesanal no Canal do Cunha
Exposição fotográfica sobre o canal do Cunha, o rio Faria Timbó e a Baía de Guanabara, discutindo os desafios de quem sobrevive da pesca artesanal nesses locais.
Público: todos

Detetives da alimentação saudável
Por meio de uma caixa reveladora, os participantes deste jogo vão descobrir o que significam termos como segurança alimentar, agroecologia e alimentos ultraprocessados. Ao final da atividade, os visitantes recebem de presente uma surpresa deliciosa!
Público: todos 

Doença de Chagas: biologia e taxonomia dos vetores
Exposição sobre os principais vetores da doença de Chagas. Os participantes ganharão um atlas e cards sobre o tema.
Público: adolescentes, adultos e idosos

Experimentando consciência na bioeconomia
Oficinas que vão discutir as diversas formas de se obter e utilizar a energia elétrica, de maneira simples e sustentável, sob a perspectiva da bioeconomia. Os participantes poderão levar o resultado de seus experimentos para casa.
Público: todos

Fungos são a cara da riqueza
Atividade exploratória sobre as formas de utilização dos fungos e seu potencial para o desenvolvimento ambientalmente sustentável da ciência e tecnologia do país.
Público: todos

Gestão Ambiental
A exposição apresenta pontos importantes de uma boa gestão ambiental: fases da compostagem, estações de tratamento de efluentes e reaproveitamento de materiais. Aborda a importância das abelhas para o meio ambiente e inclui, também, uma oficina de plantação de mudas.
Público: todos

HIV e Aids: tire suas dúvidas
A proposta desta atividade é discutir tópicos importantes sobre HIV/Aids a partir da interação com maquetes, jogos, instalações e oficinas. O objetivo é que os participantes tirem suas dúvidas sobre o tema.
Público: todos

Insetos na bioeconomia: uma aventura pelos biomas do Brasil
Exposição sobre os insetos dos diferentes biomas brasileiros e sua importância para um desenvolvimento sustentável. Os participantes poderão utilizar uma lupa para conhecer melhor alguns desses insetos.
Público: todos

Jogos na educação: Imune e Caminhos de Oswaldo
Dois jogos de tabuleiro onde os participantes devem avançar por um caminho dentro do campus da Fiocruz, podendo cair em “casas” onde há vírus, cientistas ou perguntas relacionadas às ciências.
Público: todos

Microrganismos: o que eles têm para nos contar sobre bioeconomia?
Exposição e oficinas sobre o papel dos microorganismos na produção de medicamentos, vacinas e alimentos ao longo da história. Os visitantes poderão visualizar microorganismos ao microscópio e aprender mais sobre eles com jogo da memória, quebra-cabeça e caça-palavras.
Público: todos

Minha horta PET, minha vida
Se você já perdeu plantinhas por falta de tempo de regar, esta atividade é pra você! Que tal aprender a montar uma horta com material do cotidiano, sustentável e que não precisa regar todo dia?
Público: todos

Minilaboratório de vacinas
Estande interativo que representa as etapas de produção das vacinas e o funcionamento de alguns processos de pesquisa.
Público: todos

Moluscos continentais de importância econômica e médico-veterináriaFilmes, caixas didáticas e exemplares vivos dos principais moluscos de interesse econômico, ligados à agricultura e à saúde pública.
Público: todos

Olimpíada Brasileira de Saúde e Meio Ambiente e a Agenda 2030
A atividade é um jogo de tabuleiro gigante abordando os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável estabelecidos pela ONU. 
Público: adolescentes

Paleoparasitologia: o que é isso? 
Nesta gincana, os visitantes vão descobrir o que é a paleoparasitologia por meio de atividades como mini-escavação, visualização de pinturas rupestres, quebra-cabeça, jogo da memória e desenhos para colorir. 
Público: infantil

Plantas medicinais: da semente à farmácia
Oficina dividida em quatro partes que representam a cadeia produtiva das plantas medicinais na indústria farmacêutica. A atividade aborda desde a plantação de mudas medicinais até a fabricação de comprimidos, passando pela preparação de chás e extratos, e a testagem dos componentes ativos da planta.
Público: todos

Projeto Brotinho: agricultura urbana agroecológica
A atividade propõe cultivos de alimentos, ervas, temperos orgânicos etc., além de compostagem doméstica para a produção de biofertilizante. A proposta é a reconexão com a natureza a partir de práticas que envolvem reaproveitamento, segurança e soberania alimentar.
Público: todos

Vetores da Leishmaniose
Apresentação sobre os vetores da leishmaniose, medidas preventivas, ações de promoção da saúde e atividades de educação em saúde.
Público: todos

Vigilância Sanitária: contribuição para a promoção e recuperação da saúde
A exposição aborda o uso racional de medicamentos e o papel das vacinas na prevenção de doenças, além de destacar a importância da leitura dos rótulos dos alimentos para a prevenção ao consumo excessivo de sal.
Público: todos

Vingadores: a Era do Aedes
De forma criativa, a atividade objetiva dialogar sobre as arboviroses, principalmente dengue, chikungunya  e zika, como são transmitidas, formas de prevenção e controle do Aedes aegypti, além de demonstrar a realização do teste rápido para diagnóstico dessas doenças.
Público: todos

***

No Espaço Lounge:

Juventude e desenvolvimento sustentável
Uma roda de conversa sobre os objetivos do desenvolvimento sustentável da Agenda 2030 e como contribuir para a promoção de territórios saudáveis.
Horário: 13h30 às 14h30
Público: adolescentes e adultos

Sobre memória, violência e saúde
Exibição de documentário, fruto de pesquisa sobre o tema, e roda de conversa.
Horário: 14h30 às 15h30 e 15h30 às 16h30
Público: adolescentes, adultos e idosos

23/10/2019, quarta, tarde - outros espaços

É o fim da picada 
Com bom humor e doses de improviso, cenas de diálogo com o público vão sendo costuradas para abordar temas relacionados à dengue, zika e chikungunya.
Horário: 13h30 às 14h30
Público: adolescentes, adultos e idosos
Local: Epidauro

O problemão da Banda Infinita 
Neste espetáculo teatral, cinco amigos partem em uma aventura musical com muita brincadeira e matemática.
Horário: 13h30 às 14h30
Público: crianças
Local: Tenda da Ciência

Saúde da Mulher: artesãs de Manguinhos e suas bonecas grávidas
A partir de diversas peças artesanais, como bonecas grávidas que dão a luz, modelos de seios e vagina, será realizado um bate-papo sobre saúde da mulher. O público também poderá conhecer o processo de confecção das peças. 
Horário: 13h30 às 14h30
Público: adolescentes, adultos e idosos
Local: Sala de Aula do Museu da Vida

Tudo o que você gostaria de saber sobre IST/Aids e tem vergonha de perguntar
Cada um escreve sua pergunta em um papel, dobra e coloca em uma bolsa de pano. A “batata quente” começa a circular entre o grupo. Parou! Ei, você, com a “batata” na mão, sorteie uma pergunta, leia em voz alta e responda. Não sabe? Não tem problema. Seus colegas e o coordenador da atividade vão ajudar!   
Horário: 13h30 às 14h30
Público: adolescentes
Local: Foyer do Museu da Vida

Juventude e desenvolvimento sustentável
Uma roda de conversa sobre os objetivos do desenvolvimento sustentável da Agenda 2030 e como contribuir para a promoção de territórios saudáveis.
Horário: 13h30 às 14h30 e 14h30 às 15h30
Público: adolescentes e adultos
Local: Lounge da Tenda SNCT

Borboletário 
Em um grande viveiro ornamentado por plantas e habitado por diferentes espécies, o público mergulha no universo das borboletas e descobre detalhes sobre seu ciclo de vida, hábitos alimentares e outras curiosidades sobre esses seres adoráveis!
Horário: 13h30 às 14h30, 14h30 às 15h30 e 15h30 às 16h30 
Público: todos
Local: Borboletário

Cidade Acessível
Nesta exposição interativa, o público é convidado a vivenciar os desafios enfrentados no dia a dia por pessoas com deficiência nas grandes cidades brasileiras. Os visitantes são chamados a exercitar o sentido da empatia e o respeito às diferenças.
Horário: 13h30 às 14h30, 14h30 às 15h30 e 15h30 às 16h30
Público: todos
Local: Salão de Exposições Temporárias

Exposição Mulheres | Pele de Tambor
Exposição de tambores artesanais feitos com materiais reaproveitados. A associação das mulheres com os tambores artesanais surge com o intuito de destacar a trajetória de mulheres com relevante expressão social e histórico de vida de superação. 
Horário: 13h30 às 14h30, 14h30 às 15h30 e 15h30 às 16h30
Público: todos
Local: Anfiteatro do Centro de Recepção

Expressões artísticas e culturais territorializadas em Manguinhos
Oficina musical com base na metodologia do ensino coletivo.
Horário: 13h30 às 14h30, 14h30 às 15h30 e 15h30 às 16h30
Público: todos
Local: Sala de Aula do Museu da Vida

Jardim de histórias
Contadores de histórias em ação em um espaço de convivência e incentivo à leitura. A atividade contará com intérprete de Libras e haverá doação de livros.
Horário: 13h30 às 14h30, 14h30 às 15h30 e 15h30 às 16h30
Público: todos
Local: Jardim do Parque da Ciência

O Muro
Instalação fotográfica interativa que exibe múltiplos registros da comunidade do Jacarezinho feitos por quem vive nela.
Horário: 13h30 às 16h30
Público: todos
Local: Cavalariça

Oficina das Arpilleras
O público poderá conhecer a técnica de bordado – surgida, originalmente, no Chile, durante a ditadura militar – que vem sendo utilizada como forma de expressão e manifestação de mulheres atingidas por barragens. 
Horário: 13h30 às 14h30, 14h30 às 15h30 e 15h30 às 16h30
Público: adultos e idosos
Local: Sala de Vídeo do Centro de Recepção

Oficina de bioplástico
Venha conhecê-lo: sua importância para a natureza, como é produzido e suas aplicações.
Horário: 13h30 às 14h30, 14h30 às 15h30 e 15h30 às 16h30
Público: adolescentes, adultos e idosos
Local: Parque da Ciência

Parque da Ciência
Um parque de diversões e conhecimentos sobre energia, comunicação e organização da vida? Sim, aqui nós temos. E você pode até escalar e brincar de escorrega em uma célula gigante!
Horário: 13h30 às 14h30, 14h30 às 15h30 e 15h30 às 16h30
Público: todos
Local: Parque da Ciência

Pirâmide
Muitos jogos e experimentos científicos sobre a vida micro e macroscópica.
Horário: 13h30 às 14h30, 14h30 às 15h30 e 15h30 às 16h30
Público: todos
Local: Pirâmide

Visita ao Castelo
O Castelo é a principal edificação do Núcleo Histórico e Arquitetônico de Manguinhos. Ao visitar este senhor centenário, tombado como patrimônio histórico nacional, fatos, fotos e documentos revelam curiosidades de sua construção. O público também pode contemplar a arquitetura em estilo neomourisco, a beleza dos azulejos portugueses e os mosaicos inspirados em tapeçaria árabe. Além da recém-inaugurada exposição "Castelo de Inspirações", recheada de matemática e interatividade, a visita inclui a Sala Costa Lima, com uma incrível coleção de insetos, e a Sala Oswaldo Cruz e Carlos Chagas, com várias informações e curiosidades sobre a vida desses dois importantes cientistas brasileiros. Aproveite para conhecer também o Pavilhão do Relógio com a exposição "Manguinhos Revelado".
Horário: 13h30 às 14h30, 14h30 às 15h30 e 15h30 às 16h30
Público: todos
Local: Castelo

Cine-debate: a importância da educação comunitária
Exibição de vídeo seguida de debate com foco na diversidade de ações em educação comunitária.
Horário: 14h30 às 15h30
Público: adultos
Local: Foyer do Museu da Vida

Dançando e Lendo
Clássicos da literatura brasileira e internacional ganham vida neste espetáculo de dança da Associação Ballet Manguinhos, com coreografias que mesclam balé clássico, hip-hop, jazz e dança contemporânea.
Horário: 14h30 às 15h30
Público: todos
Local: Auditório do Museu da Vida

Aventuras da Visão
Como a vista nos engana e faz ver movimento onde há somente uma imagem estática? Como é possível enxergar cores onde, antes, havia apenas preto e branco? Essa atividade explora as percepções e os fenômenos de luz e som, mostrando como a ciência pode explicá-los.
Horário: 14h30 às 15h30 e 15h30 às 16h30
Público: todos
Local: Epidauro

Paracelso, o fenomenal
Paracelso e Ununúltima estão sempre dispostos a apresentar o que aprenderam em suas viagens. Minúcias, malícias e mistérios... Ou seria pura ciência? Num show muito bem-humorado, essa dupla excêntrica realiza várias experiências incríveis e promove um encontro altamente divertido.
Horário: 15h30 às 16h30
Público: todos
Local: Auditório do Museu da Vida 

Sobre memória, violência e saúde
Exibição de documentário, fruto de pesquisa sobre o tema, e roda de conversa.
Horário: 15h30 às 16h30
Público: adolescentes, adultos e idosos
Local: Lounge da Tenda SNCT

Em defesa da vida: mulheres atingidas bordando a resistência
Exposição de painéis confeccionados por mulheres atingidas por barragens do Vale do Guapiaçu, em Cachoeiras de Macacu (RJ). Os painéis utilizam uma técnica de bordado surgida no Chile durante a ditadura militar (Arpilleras).
Horário: 13h30 às 16h30
Público: todos
Local: Centro de Recepção

Maternidades no SUS
A exposição apresenta imagens de mulheres do Norte e Nordeste do Brasil que passam pela experiência da maternidade como usuárias do Sistema Único de Saúde (SUS). Enfoca temas como amamentação, banco de leite, cuidados no pós-parto etc. 
Horário: 13h30 às 16h30
Público: adolescentes, adultos e idosos
Local: Centro de Recepção

Mostra Ver Ciência
Exibição de curtas-metragens com temáticas da divulgação científica.
Horário: 13h30 às 16h30
Público: crianças, adolescentes e adultos
Local: Centro de Recepção

Parto e nascimento no Brasil
Exposição com 15 painéis informativos sobre parir e nascer no Brasil.
Horário: 13h30 às 16h30
Público: adultos
Local: Centro de Recepção

24/10/2019, quinta, 9h às 12h - Tenda SNCT

Asfoc-SN em defesa e valorização da ciência e tecnologia
Folhetos e vídeos sobre o trabalho realizado pelo Sindicato dos Servidores de Ciência, Tecnologia, Produção e Inovação em Saúde Pública.
Público: adolescentes, adultos e idosos

Biodiversidade e Saúde Silvestre
Apresentação do aplicativo SISS-Geo, que, com a participação da sociedade e o uso de tecnologia móvel, monitora a saúde de animais silvestres e gera alertas sobre a circulação de agentes infecciosos, como o vírus da febre amarela. Os visitantes serão convidados a percorrer um circuito onde deverão encontrar modelos de animais em diversas condições de saúde, que deverão ser fotografados e registrados no SISS-Geo, demonstrando como essas informações são utilizadas pelos serviços de saúde para a prevenção de doenças e a conservação da biodiversidade. Os visitantes poderão, também, montar modelos tridimensionais de vetores das principais doenças infecciosas no Brasil.
Público: todos 

Conhecendo as parasitoses intestinais: um papo de cocô que fica interessante
A atividade apresenta o ciclo evolutivo dos parasitos intestinais de maneira lúdica e criativa, com observação ao microscópio, exposição de vermes conservados, peças sintéticas e uma caixa que detecta sujeira.
Público: todos

Desafios da pesca artesanal no Canal do Cunha
Exposição fotográfica sobre o canal do Cunha, o rio Faria Timbó e a Baía de Guanabara, discutindo os desafios de quem sobrevive da pesca artesanal nesses locais.
Público: todos

Detetives da alimentação saudável
Por meio de uma caixa reveladora, os participantes deste jogo vão descobrir o que significam termos como segurança alimentar, agroecologia e alimentos ultraprocessados. Ao final da atividade, os visitantes recebem de presente uma surpresa deliciosa!
Público: todos 

Doença de Chagas: biologia e taxonomia dos vetores
Exposição sobre os principais vetores da doença de Chagas. Os participantes ganharão um atlas e cards sobre o tema.
Público: adolescentes, adultos e idosos

Experimentando consciência na bioeconomia
Oficinas que vão discutir as diversas formas de se obter e utilizar a energia elétrica, de maneira simples e sustentável, sob a perspectiva da bioeconomia. Os participantes poderão levar o resultado de seus experimentos para casa.
Público: todos

Fibrose cística: você conhece? 
Oficina de jogos com o objetivo de divulgar informações sobre esta doença crônica que afeta pulmões, pâncreas e sistema digestivo.
Público: todos

Fungos são a cara da riqueza
Atividade exploratória sobre as formas de utilização dos fungos e seu potencial para o desenvolvimento ambientalmente sustentável da ciência e tecnologia do país.
Público: todos

Hackathon: uma maratona de desenvolvimento em bioeconomia
Atividade de divulgação do modelo de hackathon para desenvolvimento de soluções tecnológicas em diversas áreas, com aplicação prática.

HIV e Aids: tire suas dúvidas
A proposta desta atividade é discutir tópicos importantes sobre HIV/Aids a partir da interação com maquetes, jogos, instalações e oficinas. O objetivo é que os participantes tirem suas dúvidas sobre o tema.
Público: todos

Insetos na bioeconomia: uma aventura pelos biomas do Brasil
Exposição sobre os insetos dos diferentes biomas brasileiros e sua importância para um desenvolvimento sustentável. Os participantes poderão utilizar uma lupa para conhecer melhor alguns desses insetos.
Público: todos

Minha horta PET, minha vida
Se você já perdeu plantinhas por falta de tempo de regar, esta atividade é pra você! Que tal aprender a montar uma horta com material do cotidiano, sustentável e que não precisa regar todo dia?
Público: todos

Minilaboratório de vacinas
Estande interativo que representa as etapas de produção das vacinas e o funcionamento de alguns processos de pesquisa.
Público: todos

Nos bastidores do arquivo
Demonstração do tratamento técnico de acervos de arquivos, desde as técnicas de conservação até a disponibilização para o público.
Público: todos

Olho vivo no barbeiro: por que este inseto impacta na bioeconomia 
De forma lúdica, a exposição apresenta o inseto chamado barbeiro, transmissor da doença de Chagas, e as medidas de prevenção.
Público: todos

Olimpíada Brasileira de Saúde e Meio Ambiente e a Agenda 2030
A atividade é um jogo de tabuleiro gigante abordando os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável estabelecidos pela ONU. 
Público: adolescentes

Percevejo de cama: a contramão do desenvolvimento sustentável
A exposição mostra o desenvolvimento, a dispersão e a infestação do percevejo, inseto comum no meio urbano, além de abordar as principais medidas de prevenção e controle do inseto.
Público: todos

Plâncton: criaturas invisíveis, mas muito úteis 
Os visitantes vão conhecer o plâncton e seu papel ecológico, desde a manutenção da cadeia alimentar aquática até a produção de oxigênio para a atmosfera. A exposição mostrará também a utilidade do plâncton na indústria alimentícia, farmacêutica e de biocombustíveis.
Público prioritário: todos

Plantas medicinais: da semente à farmácia
Oficina dividida em quatro partes que representam a cadeia produtiva das plantas medicinais na indústria farmacêutica. A atividade aborda desde a plantação de mudas medicinais até a fabricação de comprimidos, passando pela preparação de chás e extratos, e a testagem dos componentes ativos da planta.
Público: todos

Sinal vermelho
O assunto é: menstruação. Será que sabemos o suficiente sobre esse tema? Quanto lixo é gerado com os absorventes descartáveis? Existem alternativas a eles? Muito mais do que perguntas e respostas, esta atividade é um convite à reflexão. Participe!
Público: adolescentes e adultos

Vetores da Leishmaniose
Apresentação sobre os vetores da leishmaniose, medidas preventivas, ações de promoção da saúde e atividades de educação em saúde.
Público: todos

Vigilância Sanitária: contribuição para a promoção e recuperação da saúde
A exposição aborda o uso racional de medicamentos e o papel das vacinas na prevenção de doenças, além de destacar a importância da leitura dos rótulos dos alimentos para a prevenção ao consumo excessivo de sal.
Público: todos

***

No Espaço Lounge:

Bate-papo com autores
Autores da Editora Fiocruz participam de bate-papo com os visitantes sobre os temas de seus livros. 
Horário: 11h às 12h
Público: todos

24/10/2019, quinta, manhã - outros espaços

Aventuras da Visão
Como a vista nos engana e faz ver movimento onde há somente uma imagem estática? Como é possível enxergar cores onde, antes, havia apenas preto e branco? Essa atividade explora as percepções e os fenômenos de luz e som, mostrando como a ciência pode explicá-los.
Horário: 9h às 10h e 10h às 11h 
Público: todos
Local: Epidauro

Paracelso, o fenomenal
Paracelso e Ununúltima estão sempre dispostos a apresentar o que aprenderam em suas viagens. Minúcias, malícias e mistérios... Ou seria pura ciência? Num show muito bem-humorado, essa dupla excêntrica realiza várias experiências incríveis e promove um encontro altamente divertido.
Horário: 9h às 10h e 11h às 12h
Público: todos
Local: Auditório do Museu da Vida 

Borboletário 
Em um grande viveiro ornamentado por plantas e habitado por diferentes espécies, o público mergulha no universo das borboletas e descobre detalhes sobre seu ciclo de vida, hábitos alimentares e outras curiosidades sobre esses seres adoráveis!
Horário: 9h às 10h, 10h às 11h e 11h às 12h 
Público: todos
Local: Borboletário

Cidade Acessível
Nesta exposição interativa, o público é convidado a vivenciar os desafios enfrentados no dia a dia por pessoas com deficiência nas grandes cidades brasileiras. Os visitantes são chamados a exercitar o sentido da empatia e o respeito às diferenças.
Horário: 9h às 10h, 10h às 11h e 11h às 12h
Público: todos
Local: Salão de Exposições Temporárias

Exposição Mulheres | Pele de Tambor
Exposição de tambores artesanais feitos com materiais reaproveitados. A associação das mulheres com os tambores artesanais surge com o intuito de destacar a trajetória de mulheres com relevante expressão social e histórico de vida de superação. 
Horário: 9h às 10h, 10h às 11h e 11h às 12h
Público: todos
Local: Anfiteatro do Centro de Recepção

O Muro
Instalação fotográfica interativa que exibe múltiplos registros da comunidade do Jacarezinho feitos por quem vive nela.
Horário: 9h às 12h
Público: todos
Local: Cavalariça

Oficina de bioplástico
Venha conhecê-lo: sua importância para a natureza, como é produzido e suas aplicações.
Horário: 9h às 10h, 10h às 11h e 11h às 12h
Público: adolescentes, adultos e idosos
Local: Parque da Ciência

Parque da Ciência
Um parque de diversões e conhecimentos sobre energia, comunicação e organização da vida? Sim, aqui nós temos. E você pode até escalar e brincar de escorrega em uma célula gigante!
Horário: 9h às 10h, 10h às 11h e 11h às 12h
Público: todos
Local: Parque da Ciência

Pirâmide
Muitos jogos e experimentos científicos sobre a vida micro e macroscópica.
Horário: 9h às 10h, 10h às 11h e 11h às 12h
Público: todos
Local: Pirâmide

Saúde da Mulher: artesãs de Manguinhos e suas bonecas grávidas
A partir de diversas peças artesanais, como bonecas grávidas que dão a luz, modelos de seios e vagina, será realizado um bate-papo sobre saúde da mulher. O público também poderá conhecer o processo de confecção das peças. 
Horário: 9h às 10h, 10h às 11h e 11h às 12h
Público: adolescentes, adultos e idosos
Local: Sala de Vídeo do Centro de Recepção

Sinal vermelho
O assunto é: menstruação. Será que sabemos o suficiente sobre esse tema? Quanto lixo é gerado com os absorventes descartáveis? Existem alternativas a eles? Para obter algumas respostas e sair com muitas perguntas, venha fazer parte da nossa oficina de absorventes de pano! Cuidando de nós, cuidamos do planeta. Participe!
Horário: 9h às 10h, 10h às 11h e 11h às 12h
Público: adolescentes e adultos
Local: Sala de Aula do Museu da Vida

Visita ao Castelo
O Castelo é a principal edificação do Núcleo Histórico e Arquitetônico de Manguinhos. Ao visitar este senhor centenário, tombado como patrimônio histórico nacional, fatos, fotos e documentos revelam curiosidades de sua construção. O público também pode contemplar a arquitetura em estilo neomourisco, a beleza dos azulejos portugueses e os mosaicos inspirados em tapeçaria árabe. Além da recém-inaugurada exposição "Castelo de Inspirações", recheada de matemática e interatividade, a visita inclui a Sala Costa Lima, com uma incrível coleção de insetos, e a Sala Oswaldo Cruz e Carlos Chagas, com várias informações e curiosidades sobre a vida desses dois importantes cientistas brasileiros. Aproveite para conhecer também o Pavilhão do Relógio com a exposição "Manguinhos Revelado".
Horário: 9h às 10h, 10h às 11h e 11h às 12h
Público: todos
Local: Castelo

Bate-papo com autores
Autores da Editora Fiocruz participam de bate-papo com os visitantes sobre os temas de seus livros. 
Horário: 11h às 12h
Público: todos
Local: Lounge da Tenda SNCT

É o fim da picada 
Com bom humor e doses de improviso, cenas de diálogo com o público vão sendo costuradas para abordar temas relacionados à dengue, zika e chikungunya.
Horário: 11h às 12h
Público: adolescentes, adultos e idosos
Local: Epidauro

O problemão da Banda Infinita 
Neste espetáculo teatral, cinco amigos partem em uma aventura musical com muita brincadeira e matemática.
Horário: 11h às 12h
Público: crianças
Local: Tenda da Ciência

Em defesa da vida: mulheres atingidas bordando a resistência
Exposição de painéis confeccionados por mulheres atingidas por barragens do Vale do Guapiaçu, em Cachoeiras de Macacu (RJ). Os painéis utilizam uma técnica de bordado surgida no Chile durante a ditadura militar (Arpilleras).
Horário: 9h às 12h
Público: todos
Local: Centro de Recepção

Maternidades no SUS
A exposição apresenta imagens de mulheres do Norte e Nordeste do Brasil que passam pela experiência da maternidade como usuárias do Sistema Único de Saúde (SUS). Enfoca temas como amamentação, banco de leite, cuidados no pós-parto etc. 
Horário: 9h às 12h
Público: adolescentes, adultos e idosos
Local: Centro de Recepção

Mostra Ver Ciência
Exibição de curtas-metragens com temáticas da divulgação científica.
Horário: 9h às 12h
Público: crianças, adolescentes e adultos
Local: Centro de Recepção

Parto e nascimento no Brasil
Exposição com 15 painéis informativos sobre parir e nascer no Brasil.
Horário: 9h às 12h
Público: adultos
Local: Centro de Recepção

***

Confira também:

Feira de Ciências da Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio
Ônibus Ciência na Estrada, com atividades interativas e microscópios. Oficina Mãos Limpas, sobre a correta higienização das mãos. Exposição Casa Interativa, sobre os vetores da doença de Chagas. Agricultura urbana agroecológica, jogos, apresentação de trabalhos dos alunos da EPSJV e muito mais!
Horário: 9h às 12h
Público: todos
Local: Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio (EPSJV)

24/10/2019, quinta, 13h30 às 16h30 - Tenda SNCT

Asfoc-SN em defesa e valorização da ciência e tecnologia
Folhetos e vídeos sobre o trabalho realizado pelo Sindicato dos Servidores de Ciência, Tecnologia, Produção e Inovação em Saúde Pública.
Público: adolescentes, adultos e idosos

Biodiversidade e Saúde Silvestre
Apresentação do aplicativo SISS-Geo, que, com a participação da sociedade e o uso de tecnologia móvel, monitora a saúde de animais silvestres e gera alertas sobre a circulação de agentes infecciosos, como o vírus da febre amarela. Os visitantes serão convidados a percorrer um circuito onde deverão encontrar modelos de animais em diversas condições de saúde, que deverão ser fotografados e registrados no SISS-Geo, demonstrando como essas informações são utilizadas pelos serviços de saúde para a prevenção de doenças e a conservação da biodiversidade. Os visitantes poderão, também, montar modelos tridimensionais de vetores das principais doenças infecciosas no Brasil.
Público: todos 

Bioeconomia e a sociedade do futuro
Jovens cientistas da Fiocruz demonstram para os visitantes que a bioeconomia está nas vacinas, nos remédios, na água e, principalmente, deve estar nas nossas atitudes!
Público: todos

Conhecendo as parasitoses intestinais: um papo de cocô que fica interessante
A atividade apresenta o ciclo evolutivo dos parasitos intestinais de maneira lúdica e criativa, com observação ao microscópio, exposição de vermes conservados, peças sintéticas e uma caixa que detecta sujeira.
Público: todos

Desafios da pesca artesanal no Canal do Cunha
Exposição fotográfica sobre o canal do Cunha, o rio Faria Timbó e a Baía de Guanabara, discutindo os desafios de quem sobrevive da pesca artesanal nesses locais.
Público: todos

Detetives da alimentação saudável
Por meio de uma caixa reveladora, os participantes deste jogo vão descobrir o que significam termos como segurança alimentar, agroecologia e alimentos ultraprocessados. Ao final da atividade, os visitantes recebem de presente uma surpresa deliciosa!
Público: todos 

Doença de Chagas: biologia e taxonomia dos vetores
Exposição sobre os principais vetores da doença de Chagas. Os participantes ganharão um atlas e cards sobre o tema.
Público: adolescentes, adultos e idosos

Experimentando consciência na bioeconomia
Oficinas que vão discutir as diversas formas de se obter e utilizar a energia elétrica, de maneira simples e sustentável, sob a perspectiva da bioeconomia. Os participantes poderão levar o resultado de seus experimentos para casa.
Público: todos

Fibrose cística: você conhece? 
Oficina de jogos com o objetivo de divulgar informações sobre esta doença crônica que afeta pulmões, pâncreas e sistema digestivo.
Público: todos

Fungos são a cara da riqueza
Atividade exploratória sobre as formas de utilização dos fungos e seu potencial para o desenvolvimento ambientalmente sustentável da ciência e tecnologia do país.
Público: todos

HIV e Aids: tire suas dúvidas
A proposta desta atividade é discutir tópicos importantes sobre HIV/Aids a partir da interação com maquetes, jogos, instalações e oficinas. O objetivo é que os participantes tirem suas dúvidas sobre o tema.
Público: todos

Insetos na bioeconomia: uma aventura pelos biomas do Brasil
Exposição sobre os insetos dos diferentes biomas brasileiros e sua importância para um desenvolvimento sustentável. Os participantes poderão utilizar uma lupa para conhecer melhor alguns desses insetos.
Público: todos

Minha horta PET, minha vida
Se você já perdeu plantinhas por falta de tempo de regar, esta atividade é pra você! Que tal aprender a montar uma horta com material do cotidiano, sustentável e que não precisa regar todo dia?
Público: todos

Minilaboratório de vacinas
Estande interativo que representa as etapas de produção das vacinas e o funcionamento de alguns processos de pesquisa.
Público: todos

Nos bastidores do arquivo
Demonstração do tratamento técnico de acervos de arquivos, desde as técnicas de conservação até a disponibilização para o público.
Público: todos

Olho vivo no barbeiro: por que este inseto impacta na bioeconomia 
De forma lúdica, a exposição apresenta o inseto chamado barbeiro, transmissor da doença de Chagas, e as medidas de prevenção.
Público: todos

Olimpíada Brasileira de Saúde e Meio Ambiente e a Agenda 2030
A atividade é um jogo de tabuleiro gigante abordando os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável estabelecidos pela ONU. 
Público: adolescentes

Percevejo de cama: a contramão do desenvolvimento sustentável
A exposição mostra o desenvolvimento, a dispersão e a infestação do percevejo, inseto comum no meio urbano, além de abordar as principais medidas de prevenção e controle do inseto.
Público: todos

Plâncton: criaturas invisíveis, mas muito úteis 
Os visitantes vão conhecer o plâncton e seu papel ecológico, desde a manutenção da cadeia alimentar aquática até a produção de oxigênio para a atmosfera. A exposição mostrará também a utilidade do plâncton na indústria alimentícia, farmacêutica e de biocombustíveis.
Público prioritário: todos

Plantas medicinais: da semente à farmácia
Oficina dividida em quatro partes que representam a cadeia produtiva das plantas medicinais na indústria farmacêutica. A atividade aborda desde a plantação de mudas medicinais até a fabricação de comprimidos, passando pela preparação de chás e extratos, e a testagem dos componentes ativos da planta.
Público: todos

Qualidade de mel e pólen de abelhas para consumo humano
O público poderá conferir a variabilidade e as qualidades físico-químicas aparentes do mel de abelhas e pólen apícola, aprendendo a identificar impurezas e contaminações e se o produto serve ou não para consumo.

Sinal vermelho
O assunto é: menstruação. Será que sabemos o suficiente sobre esse tema? Quanto lixo é gerado com os absorventes descartáveis? Existem alternativas a eles? Muito mais do que perguntas e respostas, esta atividade é um convite à reflexão. Participe!
Público: adolescentes e adultos

Vetores da Leishmaniose
Apresentação sobre os vetores da leishmaniose, medidas preventivas, ações de promoção da saúde e atividades de educação em saúde.
Público: todos

Vigilância Sanitária: contribuição para a promoção e recuperação da saúde
A exposição aborda o uso racional de medicamentos e o papel das vacinas na prevenção de doenças, além de destacar a importância da leitura dos rótulos dos alimentos para a prevenção ao consumo excessivo de sal.
Público: todos

***

No Espaço Lounge:

Exposições literárias e interativas: preservação do meio ambiente
Livros, muitos livros (alguns para sorteio!), além de um tapete literário para a contação de histórias. Algumas delas falarão sobre preservação do meio ambiente e, com foco na reciclagem, as crianças poderão confeccionar bilboquês utilizando garrafas pet.
Horário: 13h30 às 14h30
Público: crianças

Você tem fome de quê?
Apoiada na ideia de que “comer é um ato político”, esta atividade aborda a alimentação sob diferentes aspectos, em uma roda de conversa plural, formada por pesquisadores, camponeses, coletivos e ativistas sociais. O público, é claro, está convidado a participar deste debate, registrando também suas ideias. Além da roda de conversa, cartazes dispostos em um varal completam a atividade.
Horário: 14h30 às 15h30
Público: adolescentes, adultos e idosos

Que ciência é essa?
Nesta esquete teatral, Ana e Hugo, duas crianças curiosas, tentam descobrir qual a profissão da irmã de Ana, e acabam conhecendo um instituto de pesquisa e o universo da ciência de animais de laboratório.
Horário: 15h30 às 16h30
Público: crianças

24/10/2019, quinta, tarde - outros espaços

É o fim da picada 
Com bom humor e doses de improviso, cenas de diálogo com o público vão sendo costuradas para abordar temas relacionados à dengue, zika e chikungunya.
Horário: 13h30 às 14h30
Público: adolescentes, adultos e idosos
Local: Epidauro

O problemão da Banda Infinita 
Neste espetáculo teatral, cinco amigos partem em uma aventura musical com muita brincadeira e matemática.
Horário: 13h30 às 14h30
Público: crianças
Local: Tenda da Ciência

Bioeconomia para Territórios de Favelas e Periferias? Contribuições da saúde e do cinema
A partir da interface com a comunicação e a arte, a roda de conversa abordará a temática de territórios de favelas e periferias dentro do campo da bioeconomia, com foco na promoção da saúde e na redução das desigualdades sociais.
Horário: 13h30 às 14h30
Público: adolescentes e adultos
Local: Sala de Aula do Museu da Vida

Exposições literárias e interativas: preservação do meio ambiente
Livros, muitos livros (alguns para sorteio!), além de um tapete literário para a contação de histórias. Algumas delas falarão sobre preservação do meio ambiente e, com foco na reciclagem, as crianças poderão confeccionar bilboquês utilizando garrafas pet.
Horário: 13h30 às 14h30
Público: crianças
Local: Lounge da Tenda SNCT

Aventuras da Visão
Como a vista nos engana e faz ver movimento onde há somente uma imagem estática? Como é possível enxergar cores onde, antes, havia apenas preto e branco? Essa atividade explora as percepções e os fenômenos de luz e som, mostrando como a ciência pode explicá-los.
Horário: 14h30 às 15h30 e 15h30 às 16h30
Público: todos
Local: Epidauro

Borboletário 
Em um grande viveiro ornamentado por plantas e habitado por diferentes espécies, o público mergulha no universo das borboletas e descobre detalhes sobre seu ciclo de vida, hábitos alimentares e outras curiosidades sobre esses seres adoráveis!
Horário: 13h30 às 14h30, 14h30 às 15h30 e 15h30 às 16h30 
Público: todos
Local: Borboletário

Cidade Acessível
Nesta exposição interativa, o público é convidado a vivenciar os desafios enfrentados no dia a dia por pessoas com deficiência nas grandes cidades brasileiras. Os visitantes são chamados a exercitar o sentido da empatia e o respeito às diferenças.
Horário: 13h30 às 14h30, 14h30 às 15h30 e 15h30 às 16h30
Público: todos
Local: Salão de Exposições Temporárias

Jardim de histórias
Contadores de histórias em ação em um espaço de convivência e incentivo à leitura. A atividade contará com intérprete de Libras e haverá doação de livros.
Horário: 13h30 às 14h30, 14h30 às 15h30 e 15h30 às 16h30
Público: todos
Local: Jardim do Parque da Ciência

O Muro
Instalação fotográfica interativa que exibe múltiplos registros da comunidade do Jacarezinho feitos por quem vive nela.
Horário: 13h30 às 16h30
Público: todos
Local: Cavalariça

Oficina de bioplástico
Venha conhecê-lo: sua importância para a natureza, como é produzido e suas aplicações.
Horário: 13h30 às 14h30, 14h30 às 15h30 e 15h30 às 16h30
Público: adolescentes, adultos e idosos
Local: Parque da Ciência

Parque da Ciência
Um parque de diversões e conhecimentos sobre energia, comunicação e organização da vida? Sim, aqui nós temos. E você pode até escalar e brincar de escorrega em uma célula gigante!
Horário: 13h30 às 14h30, 14h30 às 15h30 e 15h30 às 16h30
Público: todos
Local: Parque da Ciência

Pirâmide
Muitos jogos e experimentos científicos sobre a vida micro e macroscópica.
Horário: 13h30 às 14h30, 14h30 às 15h30 e 15h30 às 16h30
Público: todos
Local: Pirâmide

Saúde da Mulher: artesãs de Manguinhos e suas bonecas grávidas
A partir de diversas peças artesanais, como bonecas grávidas que dão a luz, modelos de seios e vagina, será realizado um bate-papo sobre saúde da mulher. O público também poderá conhecer o processo de confecção das peças. 
Horário: 13h30 às 14h30, 14h30 às 15h30 e 15h30 às 16h30
Público: adolescentes, adultos e idosos
Local: Sala de Vídeo do Centro de Recepção

Visita ao Castelo
O Castelo é a principal edificação do Núcleo Histórico e Arquitetônico de Manguinhos. Ao visitar este senhor centenário, tombado como patrimônio histórico nacional, fatos, fotos e documentos revelam curiosidades de sua construção. O público também pode contemplar a arquitetura em estilo neomourisco, a beleza dos azulejos portugueses e os mosaicos inspirados em tapeçaria árabe. Além da recém-inaugurada exposição "Castelo de Inspirações", recheada de matemática e interatividade, a visita inclui a Sala Costa Lima, com uma incrível coleção de insetos, e a Sala Oswaldo Cruz e Carlos Chagas, com várias informações e curiosidades sobre a vida desses dois importantes cientistas brasileiros. Aproveite para conhecer também o Pavilhão do Relógio com a exposição "Manguinhos Revelado".
Horário: 13h30 às 14h30, 14h30 às 15h30 e 15h30 às 16h30
Público: todos
Local: Castelo

Você tem fome de quê?
Apoiada na ideia de que “comer é um ato político”, esta atividade aborda a alimentação sob diferentes aspectos, em uma roda de conversa plural, formada por pesquisadores, camponeses, coletivos e ativistas sociais. O público, é claro, está convidado a participar deste debate, registrando também suas ideias. Além da roda de conversa, cartazes dispostos em um varal completam a atividade.
Horário: 14h30 às 15h30
Público: adolescentes, adultos e idosos
Local: Lounge da Tenda SNCT

Sinal vermelho
O assunto é: menstruação. Será que sabemos o suficiente sobre esse tema? Quanto lixo é gerado com os absorventes descartáveis? Existem alternativas a eles? Para obter algumas respostas e sair com muitas perguntas, venha fazer parte da nossa oficina de absorventes de pano! Cuidando de nós, cuidamos do planeta. Participe!
Horário: 14h30 às 15h30 e 15h30 às 16h30
Público: adolescentes e adultos
Local: Sala de Aula do Museu da Vida

Que ciência é essa?
Nesta esquete teatral, Ana e Hugo, duas crianças curiosas, tentam descobrir qual a profissão da irmã de Ana, e acabam conhecendo um instituto de pesquisa e o universo da ciência de animais de laboratório.
Horário: 15h30 às 16h30
Público: crianças
Local: Lounge da Tenda SNCT

VI Mostra VideoSaúde
Os vídeos vencedores da Mostra - melhores longa, média e curta-metragem, prêmio especial do júri, prêmio do júri popular e menção honrosa - serão exibidos e premiados.
Horário: 13h30 às 16h30
Público: adolescentes, adultos e idosos
Local: Auditório do Museu da Vida

Em defesa da vida: mulheres atingidas bordando a resistência
Exposição de painéis confeccionados por mulheres atingidas por barragens do Vale do Guapiaçu, em Cachoeiras de Macacu (RJ). Os painéis utilizam uma técnica de bordado surgida no Chile durante a ditadura militar (Arpilleras).
Horário: 13h30 às 16h30
Público: todos
Local: Centro de Recepção

Maternidades no SUS
A exposição apresenta imagens de mulheres do Norte e Nordeste do Brasil que passam pela experiência da maternidade como usuárias do Sistema Único de Saúde (SUS). Enfoca temas como amamentação, banco de leite, cuidados no pós-parto etc. 
Horário: 13h30 às 16h30
Público: adolescentes, adultos e idosos
Local: Centro de Recepção

Mostra Ver Ciência
Exibição de curtas-metragens com temáticas da divulgação científica.
Horário: 13h30 às 16h30
Público: crianças, adolescentes e adultos
Local: Centro de Recepção

Parto e nascimento no Brasil
Exposição com 15 painéis informativos sobre parir e nascer no Brasil.
Horário: 13h30 às 16h30
Público: adultos
Local: Centro de Recepção

***

Confira também:

Feira de Ciências da Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio
Ônibus Ciência na Estrada, com atividades interativas e microscópios. Oficina Mãos Limpas, sobre a correta higienização das mãos. Exposição Casa Interativa, sobre os vetores da doença de Chagas. Agricultura urbana agroecológica, jogos, apresentação de trabalhos dos alunos da EPSJV e muito mais!
Horário: 13h30 às 16h30
Público: todos
Local: Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio (EPSJV)

25/10/2019, sexta, 9h às 12h - Tenda SNCT

Asfoc-SN em defesa e valorização da ciência e tecnologia
Folhetos e vídeos sobre o trabalho realizado pelo Sindicato dos Servidores de Ciência, Tecnologia, Produção e Inovação em Saúde Pública.
Público: adolescentes, adultos e idosos

Coleção Paleoparasitológica e de Fezes Recentes de Animais
Apresentação da Coleção e de sua importância para os estudos em saúde pública; exposição de alguns exemplares; jogo da memória com diferentes animais silvestres e suas respectivas fezes, destacando as diferenças entre elas; oficina de massinha para representá-las.
Público: todos

Desafios da pesca artesanal no Canal do Cunha
Exposição fotográfica sobre o canal do Cunha, o rio Faria Timbó e a Baía de Guanabara, discutindo os desafios de quem sobrevive da pesca artesanal nesses locais.
Público: todos

Detetives da alimentação saudável
Por meio de uma caixa reveladora, os participantes deste jogo vão descobrir o que significam termos como segurança alimentar, agroecologia e alimentos ultraprocessados. Ao final da atividade, os visitantes recebem de presente uma surpresa deliciosa!
Público: todos 

Diversidade das baratas
Um painel e uma caixa com exemplares da ordem Blattodea: venha conhecer algumas curiosidades sobre as baratas! Parceria: Museu Nacional/UFRJ.
Público: todos

Doença de Chagas: biologia e taxonomia dos vetores
Exposição sobre os principais vetores da doença de Chagas. Os participantes ganharão um atlas e cards sobre o tema.
Público: adolescentes, adultos e idosos

Experimentando consciência na bioeconomia
Oficinas que vão discutir as diversas formas de se obter e utilizar a energia elétrica, de maneira simples e sustentável, sob a perspectiva da bioeconomia. Os participantes poderão levar o resultado de seus experimentos para casa.
Público: todos

Fungos são a cara da riqueza
Atividade exploratória sobre as formas de utilização dos fungos e seu potencial para o desenvolvimento ambientalmente sustentável da ciência e tecnologia do país.
Público: todos

HIV e Aids: tire suas dúvidas
A proposta desta atividade é discutir tópicos importantes sobre HIV/Aids a partir da interação com maquetes, jogos, instalações e oficinas. O objetivo é que os participantes tirem suas dúvidas sobre o tema.
Público: todos

Impactos da violência e manipulação da opinião pública 
Uma exposição que busca comparar a forma como eventos de violência armada no território de Manguinhos são comunicados pela mídia hegemônica e, em contraposição, pela mídia comunitária.
Público: adolescentes, adultos e idosos

Minilaboratório de vacinas
Estande interativo que representa as etapas de produção das vacinas e o funcionamento de alguns processos de pesquisa.
Público: todos

O universo dos insetos
Uma exposição com diversos insetos, além da observação de espécies na lupa, jogos interativos e vídeos. Parceria: Museu Nacional/UFRJ.
Público: todos

Olho vivo no barbeiro: por que este inseto impacta na bioeconomia 
De forma lúdica, a exposição apresenta o inseto chamado barbeiro, transmissor da doença de Chagas, e as medidas de prevenção.
Público: todos

Olimpíada Brasileira de Saúde e Meio Ambiente e a Agenda 2030
A atividade é um jogo de tabuleiro gigante abordando os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável estabelecidos pela ONU. 
Público: adolescentes

Percevejo de cama: a contramão do desenvolvimento sustentável
A exposição mostra o desenvolvimento, a dispersão e a infestação do percevejo, inseto comum no meio urbano, além de abordar as principais medidas de prevenção e controle do inseto.
Público: todos

Plantas medicinais: da semente à farmácia
Oficina dividida em quatro partes que representam a cadeia produtiva das plantas medicinais na indústria farmacêutica. A atividade aborda desde a plantação de mudas medicinais até a fabricação de comprimidos, passando pela preparação de chás e extratos, e a testagem dos componentes ativos da planta.
Público: todos

Vetores da Leishmaniose
Apresentação sobre os vetores da leishmaniose, medidas preventivas, ações de promoção da saúde e atividades de educação em saúde.
Público: todos

Vigilância Sanitária: contribuição para a promoção e recuperação da saúde
A exposição aborda o uso racional de medicamentos e o papel das vacinas na prevenção de doenças, além de destacar a importância da leitura dos rótulos dos alimentos para a prevenção ao consumo excessivo de sal.
Público: todos

***

No Espaço Lounge:

Que ciência é essa?
Nesta esquete teatral, Ana e Hugo, duas crianças curiosas, tentam descobrir qual a profissão da irmã de Ana, e acabam conhecendo um instituto de pesquisa e o universo da ciência de animais de laboratório.
Horário: 10h às 11h
Público: crianças

Bate-papo com autores
Autores da Editora Fiocruz participam de bate-papo com os visitantes sobre os temas de seus livros. 
Horário: 11h às 12h
Público: todos

25/10/2019, sexta, manhã - outros espaços

Arte de Ver Manguinhos
Provocar os visitantes com questionamentos sobre o tema da SNCT – bioeconomia – a partir de frases e fotografias, proporcionando interação por meio de desenhos e escritas.  
Horário: 9h às 10h, 10h às 11h e 11h às 12h
Público: todos
Local: Anfiteatro do Museu da Vida

Aventuras da Visão
Como a vista nos engana e faz ver movimento onde há somente uma imagem estática? Como é possível enxergar cores onde, antes, havia apenas preto e branco? Essa atividade explora as percepções e os fenômenos de luz e som, mostrando como a ciência pode explicá-los.
Horário: 9h às 10h, 10h às 11h e 11h e às 12h
Público: todos
Local: Epidauro

Borboletário 
Em um grande viveiro ornamentado por plantas e habitado por diferentes espécies, o público mergulha no universo das borboletas e descobre detalhes sobre seu ciclo de vida, hábitos alimentares e outras curiosidades sobre esses seres adoráveis!
Horário: 9h às 10h, 10h às 11h e 11h às 12h 
Público: todos
Local: Borboletário

Cidade Acessível
Nesta exposição interativa, o público é convidado a vivenciar os desafios enfrentados no dia a dia por pessoas com deficiência nas grandes cidades brasileiras. Os visitantes são chamados a exercitar o sentido da empatia e o respeito às diferenças.
Horário: 9h às 10h, 10h às 11h e 11h às 12h
Público: todos
Local: Salão de Exposições Temporárias

Oficina de bioplástico
Venha conhecê-lo: sua importância para a natureza, como é produzido e suas aplicações.
Horário: 9h às 10h, 10h às 11h e 11h às 12h
Público: adolescentes, adultos e idosos
Local: Parque da Ciência

Parque da Ciência
Um parque de diversões e conhecimentos sobre energia, comunicação e organização da vida? Sim, aqui nós temos. E você pode até escalar e brincar de escorrega em uma célula gigante!
Horário: 9h às 10h, 10h às 11h e 11h às 12h
Público: todos
Local: Parque da Ciência

Pirâmide
Muitos jogos e experimentos científicos sobre a vida micro e macroscópica.
Horário: 9h às 10h, 10h às 11h e 11h às 12h
Público: todos
Local: Pirâmide

Saúde da Mulher: artesãs de Manguinhos e suas bonecas grávidas
A partir de diversas peças artesanais, como bonecas grávidas que dão a luz, modelos de seios e vagina, será realizado um bate-papo sobre saúde da mulher. O público também poderá conhecer o processo de confecção das peças. 
Horário: 9h às 10h, 10h às 11h e 11h às 12h
Público: adolescentes, adultos e idosos
Local: Sala de Vídeo do Centro de Recepção

Visita ao Castelo
O Castelo é a principal edificação do Núcleo Histórico e Arquitetônico de Manguinhos. Ao visitar este senhor centenário, tombado como patrimônio histórico nacional, fatos, fotos e documentos revelam curiosidades de sua construção. O público também pode contemplar a arquitetura em estilo neomourisco, a beleza dos azulejos portugueses e os mosaicos inspirados em tapeçaria árabe. Além da recém-inaugurada exposição "Castelo de Inspirações", recheada de matemática e interatividade, a visita inclui a Sala Costa Lima, com uma incrível coleção de insetos, e a Sala Oswaldo Cruz e Carlos Chagas, com várias informações e curiosidades sobre a vida desses dois importantes cientistas brasileiros. Aproveite para conhecer também o Pavilhão do Relógio com a exposição "Manguinhos Revelado".
Horário: 9h às 10h, 10h às 11h e 11h às 12h
Público: todos
Local: Castelo

Narrativas do humor na crítica à devastação ambiental
A proposta é que os participantes façam peças “anti publicitárias” (em audiovisual, filmado em celular) sobre materiais publicitários de empresas condenadas por crimes ambientais. O material será publicado no site do Ecomuseu de Manguinhos.
Horário: 10h às 11h
Público: adolescentes e adultos
Local: Foyer do Museu da Vida

Que ciência é essa?
Nesta esquete teatral, Ana e Hugo, duas crianças curiosas, tentam descobrir qual a profissão da irmã de Ana, e acabam conhecendo um instituto de pesquisa e o universo da ciência de animais de laboratório.
Horário: 10h às 11h
Público: crianças
Local: Lounge da Tenda SNCT

Bate-papo com autores
Autores da Editora Fiocruz participam de bate-papo com os visitantes sobre os temas de seus livros. 
Horário: 11h às 12h
Público: todos
Local: Lounge da Tenda SNCT

Cidadela 
Na cidade onde se passa este espetáculo teatral, as mulheres só podiam falar quando os homens saíam. A partir dessa situação absurda, a história se desenrola, com o objetivo de fazer refletir sobre os papéis sociais que têm sido impostos ao gênero feminino e sobre a importância das mulheres em todas as esferas da sociedade.
Horário: 11h às 12h
Público: adolescentes, adultos e idosos
Local: Tenda da Ciência

Paracelso, o fenomenal
Paracelso e Ununúltima estão sempre dispostos a apresentar o que aprenderam em suas viagens. Minúcias, malícias e mistérios... Ou seria pura ciência? Num show muito bem-humorado, essa dupla excêntrica realiza várias experiências incríveis e promove um encontro altamente divertido.
Horário: 11h às 12h
Público: todos
Local: Auditório do Museu da Vida 

Em defesa da vida: mulheres atingidas bordando a resistência
Exposição de painéis confeccionados por mulheres atingidas por barragens do Vale do Guapiaçu, em Cachoeiras de Macacu (RJ). Os painéis utilizam uma técnica de bordado surgida no Chile durante a ditadura militar (Arpilleras).
Horário: 9h às 12h
Público: todos
Local: Centro de Recepção

Livro em Movimento
O programa Livro em Movimento tem o objetivo de promover a distribuição de livros, estimular a leitura e incentivar a doação para circulação e socialização das obras.
Horário: 9h às 12h
Público: todos
Local: Centro de Recepção

Maternidades no SUS
A exposição apresenta imagens de mulheres do Norte e Nordeste do Brasil que passam pela experiência da maternidade como usuárias do Sistema Único de Saúde (SUS). Enfoca temas como amamentação, banco de leite, cuidados no pós-parto etc. 
Horário: 9h às 12h
Público: adolescentes, adultos e idosos
Local: Centro de Recepção

Mostra Ver Ciência
Exibição de curtas-metragens com temáticas da divulgação científica.
Horário: 9h às 12h
Público: crianças, adolescentes e adultos
Local: Centro de Recepção

Parto e nascimento no Brasil
Exposição com 15 painéis informativos sobre parir e nascer no Brasil.
Horário: 9h às 12h
Público: adultos
Local: Centro de Recepção

25/10/2019, sexta, 13h30 às 16h30 - Tenda SNCT

Aventura nos biomas brasileiros
Um jogo onde os participantes deverão associar aos biomas brasileiros informações sobre biodiversidade, economia, impactos ambientais e localizações. Os visitantes serão instigados também a verificar o que é verdadeiro ou falso nas notícias apresentadas no jogo “Fato ou fake dos biomas”.
Público: adolescentes, adultos e idosos

Bioeconomia e a sociedade do futuro
Jovens cientistas da Fiocruz demonstram para os visitantes que a bioeconomia está nas vacinas, nos remédios, na água e, principalmente, deve estar nas nossas atitudes!
Público: todos

Desafios da pesca artesanal no Canal do Cunha
Exposição fotográfica sobre o canal do Cunha, o rio Faria Timbó e a Baía de Guanabara, discutindo os desafios de quem sobrevive da pesca artesanal nesses locais.
Público: todos

Detetives da alimentação saudável
Por meio de uma caixa reveladora, os participantes deste jogo vão descobrir o que significam termos como segurança alimentar, agroecologia e alimentos ultraprocessados. Ao final da atividade, os visitantes recebem de presente uma surpresa deliciosa!
Público: todos 

Diversidade das baratas
Um painel e uma caixa com exemplares da ordem Blattodea: venha conhecer algumas curiosidades sobre as baratas! Parceria: Museu Nacional/UFRJ.
Público: todos

Doença de Chagas: biologia e taxonomia dos vetores
Exposição sobre os principais vetores da doença de Chagas. Os participantes ganharão um atlas e cards sobre o tema.
Público: adolescentes, adultos e idosos

Experimentando consciência na bioeconomia
Oficinas que vão discutir as diversas formas de se obter e utilizar a energia elétrica, de maneira simples e sustentável, sob a perspectiva da bioeconomia. Os participantes poderão levar o resultado de seus experimentos para casa.
Público: todos

Fungos são a cara da riqueza
Atividade exploratória sobre as formas de utilização dos fungos e seu potencial para o desenvolvimento ambientalmente sustentável da ciência e tecnologia do país.
Público: todos

HIV e Aids: tire suas dúvidas
A proposta desta atividade é discutir tópicos importantes sobre HIV/Aids a partir da interação com maquetes, jogos, instalações e oficinas. O objetivo é que os participantes tirem suas dúvidas sobre o tema.
Público: todos

Microrganismos: o que eles têm para nos contar sobre bioeconomia?
Exposição e oficinas sobre o papel dos microorganismos na produção de medicamentos, vacinas e alimentos ao longo da história. Os visitantes poderão visualizar microorganismos ao microscópio e aprender mais sobre eles com jogo da memória, quebra-cabeça e caça-palavras.
Público: todos

Minilaboratório de vacinas
Estande interativo que representa as etapas de produção das vacinas e o funcionamento de alguns processos de pesquisa.
Público: todos

O universo dos insetos
Uma exposição com diversos insetos, além da observação de espécies na lupa, jogos interativos e vídeos. Parceria: Museu Nacional/UFRJ.
Público: todos

Olho vivo no barbeiro: por que este inseto impacta na bioeconomia 
De forma lúdica, a exposição apresenta o inseto chamado barbeiro, transmissor da doença de Chagas, e as medidas de prevenção.
Público: todos

Olimpíada Brasileira de Saúde e Meio Ambiente e a Agenda 2030
A atividade é um jogo de tabuleiro gigante abordando os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável estabelecidos pela ONU. 
Público: adolescentes

Percevejo de cama: a contramão do desenvolvimento sustentável
A exposição mostra o desenvolvimento, a dispersão e a infestação do percevejo, inseto comum no meio urbano, além de abordar as principais medidas de prevenção e controle do inseto.
Público: todos

Plantas medicinais: da semente à farmácia
Oficina dividida em quatro partes que representam a cadeia produtiva das plantas medicinais na indústria farmacêutica. A atividade aborda desde a plantação de mudas medicinais até a fabricação de comprimidos, passando pela preparação de chás e extratos, e a testagem dos componentes ativos da planta.
Público: todos

Vetores da Leishmaniose
Apresentação sobre os vetores da leishmaniose, medidas preventivas, ações de promoção da saúde e atividades de educação em saúde.
Público: todos

Vigilância Sanitária: contribuição para a promoção e recuperação da saúde
A exposição aborda o uso racional de medicamentos e o papel das vacinas na prevenção de doenças, além de destacar a importância da leitura dos rótulos dos alimentos para a prevenção ao consumo excessivo de sal.
Público: todos

***

No Espaço Lounge:

Oficina de Telhados Verdes em Favela
Venha conhecer uma alternativa de telhado que, além do ganho estético e paisagístico, reduz a temperatura e o fluxo de calor, gera economia de energia, permite cultivar alimentos e melhora o isolamento acústico e a resistência a incêndios, tudo isso com menor custo de manutenção, se comparado aos telhados tradicionais. 
Horário: 13h30 às 14h30 e 14h30 às 15h30
Público: adolescentes, adultos e idosos

Bate-papo com autores
Autores da Editora Fiocruz participam de bate-papo com os visitantes sobre os temas de seus livros. 
Horário: 14h30 às 15h30
Público: todos

25/10/2019, sexta, tarde - outros espaços

Cidadela 
Na cidade onde se passa este espetáculo teatral, as mulheres só podiam falar quando os homens saíam. A partir dessa situação absurda, a história se desenrola, com o objetivo de fazer refletir sobre os papéis sociais que têm sido impostos ao gênero feminino e sobre a importância das mulheres em todas as esferas da sociedade.
Horário: 13h30 às 14h30
Público: adolescentes, adultos e idosos
Local: Tenda da Ciência

Hepatite C tem cura
Apresentação sobre diagnóstico, sintomas, formas de transmissão e esclarecimentos sobre os novos medicamentos para cura da hepatite C disponíveis pelo SUS.
Horário: 13h30 às 14h30 e 14h30 às 15h30
Público: adolescentes, adultos e idosos
Local: Foyer do Museu da Vida

Oficina de Telhados Verdes em Favela
Venha conhecer uma alternativa de telhado que, além do ganho estético e paisagístico, reduz a temperatura e o fluxo de calor, gera economia de energia, permite cultivar alimentos e melhora o isolamento acústico e a resistência a incêndios, tudo isso com menor custo de manutenção, se comparado aos telhados tradicionais. 
Horário: 13h30 às 14h30 e 14h30 às 15h30
Público: adolescentes, adultos e idosos
Local: Lounge da Tenda SNCT

Apropriação da cultura digital: uma análise comparada de realidades em EJA
Nesta atividade, a apropriação da cultura digital será abordada a partir dos seguintes aspectos: contribuir para a saúde mental; tornar-se um conhecimento da sociedade; possuir um cunho ideológico, político e econômico; e superar o uso alienado e alienante das tecnologias.
Horário: 13h30 às 14h30, 14h30 às 15h30 e 15h30 às 16h30
Público: adultos e idosos
Local: Sala de Vídeo do Centro de Recepção

Arte de Ver Manguinhos
Provocar os visitantes com questionamentos sobre o tema da SNCT – bioeconomia – a partir de frases e fotografias, proporcionando interação por meio de desenhos e escritas.  
Horário: 13h30 às 14h30, 14h30 às 15h30 e 15h30 às 16h30
Público: todos
Local: Anfiteatro do Museu da Vida

Aventuras da Visão
Como a vista nos engana e faz ver movimento onde há somente uma imagem estática? Como é possível enxergar cores onde, antes, havia apenas preto e branco? Essa atividade explora as percepções e os fenômenos de luz e som, mostrando como a ciência pode explicá-los.
Horário: 13h30 às 14h30, 14h30 às 15h30 e 15h30 às 16h30
Público: todos
Local: Epidauro

Borboletário 
Em um grande viveiro ornamentado por plantas e habitado por diferentes espécies, o público mergulha no universo das borboletas e descobre detalhes sobre seu ciclo de vida, hábitos alimentares e outras curiosidades sobre esses seres adoráveis!
Horário: 13h30 às 14h30, 14h30 às 15h30 e 15h30 às 16h30 
Público: todos
Local: Borboletário

Cidade Acessível
Nesta exposição interativa, o público é convidado a vivenciar os desafios enfrentados no dia a dia por pessoas com deficiência nas grandes cidades brasileiras. Os visitantes são chamados a exercitar o sentido da empatia e o respeito às diferenças.
Horário: 13h30 às 14h30, 14h30 às 15h30 e 15h30 às 16h30
Público: todos
Local: Salão de Exposições Temporárias

Jardim de histórias
Contadores de histórias em ação em um espaço de convivência e incentivo à leitura. A atividade contará com intérprete de Libras e haverá doação de livros.
Horário: 13h30 às 14h30, 14h30 às 15h30 e 15h30 às 16h30
Público: todos
Local: Jardim do Parque da Ciência

Oficina de bioplástico
Venha conhecê-lo: sua importância para a natureza, como é produzido e suas aplicações.
Horário: 13h30 às 14h30, 14h30 às 15h30 e 15h30 às 16h30
Público: adolescentes, adultos e idosos
Local: Parque da Ciência

Parque da Ciência
Um parque de diversões e conhecimentos sobre energia, comunicação e organização da vida? Sim, aqui nós temos. E você pode até escalar e brincar de escorrega em uma célula gigante!
Horário: 13h30 às 14h30, 14h30 às 15h30 e 15h30 às 16h30
Público: todos
Local: Parque da Ciência

Pirâmide
Muitos jogos e experimentos científicos sobre a vida micro e macroscópica.
Horário: 13h30 às 14h30, 14h30 às 15h30 e 15h30 às 16h30
Público: todos
Local: Pirâmide

Saúde da Mulher: artesãs de Manguinhos e suas bonecas grávidas
A partir de diversas peças artesanais, como bonecas grávidas que dão a luz, modelos de seios e vagina, será realizado um bate-papo sobre saúde da mulher. O público também poderá conhecer o processo de confecção das peças. 
Horário: 13h30 às 14h30, 14h30 às 15h30 e 15h30 às 16h30
Público: adolescentes, adultos e idosos
Local: Sala de Aula do Museu da Vida

Visita ao Castelo
O Castelo é a principal edificação do Núcleo Histórico e Arquitetônico de Manguinhos. Ao visitar este senhor centenário, tombado como patrimônio histórico nacional, fatos, fotos e documentos revelam curiosidades de sua construção. O público também pode contemplar a arquitetura em estilo neomourisco, a beleza dos azulejos portugueses e os mosaicos inspirados em tapeçaria árabe. Além da recém-inaugurada exposição "Castelo de Inspirações", recheada de matemática e interatividade, a visita inclui a Sala Costa Lima, com uma incrível coleção de insetos, e a Sala Oswaldo Cruz e Carlos Chagas, com várias informações e curiosidades sobre a vida desses dois importantes cientistas brasileiros. Aproveite para conhecer também o Pavilhão do Relógio com a exposição "Manguinhos Revelado".
Horário: 13h30 às 14h30, 14h30 às 15h30 e 15h30 às 16h30
Público: todos
Local: Castelo

Dançando e Lendo
Clássicos da literatura brasileira e internacional ganham vida neste espetáculo de dança da Associação Ballet Manguinhos, com coreografias que mesclam balé clássico, hip-hop, jazz e dança contemporânea.
Horário: 14h30 às 15h30
Público: todos
Local: Auditório do Museu da Vida

Bate-papo com autores
Autores da Editora Fiocruz participam de bate-papo com os visitantes sobre os temas de seus livros. 
Horário: 15h30 às 16h30
Público: todos
Local: Lounge da Tenda SNCT

Paracelso, o fenomenal
Paracelso e Ununúltima estão sempre dispostos a apresentar o que aprenderam em suas viagens. Minúcias, malícias e mistérios... Ou seria pura ciência? Num show muito bem-humorado, essa dupla excêntrica realiza várias experiências incríveis e promove um encontro altamente divertido.
Horário: 15h30 às 16h30
Público: todos
Local: Auditório do Museu da Vida 

Em defesa da vida: mulheres atingidas bordando a resistência
Exposição de painéis confeccionados por mulheres atingidas por barragens do Vale do Guapiaçu, em Cachoeiras de Macacu (RJ). Os painéis utilizam uma técnica de bordado surgida no Chile durante a ditadura militar (Arpilleras).
Horário: 13h30 às 16h30
Público: todos
Local: Centro de Recepção

Livro em Movimento
O programa Livro em Movimento tem o objetivo de promover a distribuição de livros, estimular a leitura e incentivar a doação para circulação e socialização das obras.
Horário: 13h30 às 16h30
Público: todos
Local: Centro de Recepção

Maternidades no SUS
A exposição apresenta imagens de mulheres do Norte e Nordeste do Brasil que passam pela experiência da maternidade como usuárias do Sistema Único de Saúde (SUS). Enfoca temas como amamentação, banco de leite, cuidados no pós-parto etc. 
Horário: 13h30 às 16h30
Público: adolescentes, adultos e idosos
Local: Centro de Recepção

Mostra Ver Ciência
Exibição de curtas-metragens com temáticas da divulgação científica.
Horário: 13h30 às 16h30
Público: crianças, adolescentes e adultos
Local: Centro de Recepção

Parto e nascimento no Brasil
Exposição com 15 painéis informativos sobre parir e nascer no Brasil.
Horário: 13h30 às 16h30
Público: adultos
Local: Centro de Recepção

26/10/2019, sábado, 10h às 16h

Oficina das Arpilleras
O público poderá conhecer a técnica de bordado – surgida, originalmente, no Chile, durante a ditadura militar – que vem sendo utilizada como forma de expressão e manifestação de mulheres atingidas por barragens. 
Horário: 10h às 11h e 11h às 12h
Público: adultos e idosos
Local: Sala de Vídeo do Centro de Recepção

Rap e Ciência
Show de rap com apresentação de músicas que falam sobre saneamento básico e arboviroses; infecções sexualmente transmissíveis; saúde mental; drogas e saúde pública. A atividade integra o projeto Rap e Ciência, que conta com artistas do Jacarezinho, Morro do Palácio, Alemão e Campo Grande.
Horário: 14h20
Público: adolescentes, adultos e idosos
Local: Epidauro

Sinal vermelho
O assunto é: menstruação. Será que sabemos o suficiente sobre esse tema? Quanto lixo é gerado com os absorventes descartáveis? Existem alternativas a eles? Para obter algumas respostas e sair com muitas perguntas, venha fazer parte da nossa oficina de absorventes de pano! Cuidando de nós, cuidamos do planeta. Participe!
Horário: 10h às 16h
Público: adolescentes e adultos
Local: Sala de Aula do Museu da Vida

Aventuras da Visão
Como a vista nos engana e faz ver movimento onde há somente uma imagem estática? Como é possível enxergar cores onde, antes, havia apenas preto e branco? Essa atividade explora as percepções e os fenômenos de luz e som, mostrando como a ciência pode explicá-los.
Horário: 10h às 16h
Público: todos
Local: Epidauro

Borboletário 
Em um grande viveiro ornamentado por plantas e habitado por diferentes espécies, o público mergulha no universo das borboletas e descobre detalhes sobre seu ciclo de vida, hábitos alimentares e outras curiosidades sobre esses seres adoráveis!
Horário: 10h às 16h 
Público: todos
Local: Borboletário

Cidade Acessível
Nesta exposição interativa, o público é convidado a vivenciar os desafios enfrentados no dia a dia por pessoas com deficiência nas grandes cidades brasileiras. Os visitantes são chamados a exercitar o sentido da empatia e o respeito às diferenças.
Horário: 10h às 16h
Público: todos
Local: Salão de Exposições Temporárias

Parque da Ciência
Um parque de diversões e conhecimentos sobre energia, comunicação e organização da vida? Sim, aqui nós temos. E você pode até escalar e brincar de escorrega em uma célula gigante!
Horário: 10h às 16h
Público: todos
Local: Parque da Ciência

Pirâmide
Muitos jogos e experimentos científicos sobre a vida micro e macroscópica.
Horário: 10h às 16h
Público: todos
Local: Pirâmide

Visita ao Castelo
O Castelo é a principal edificação do Núcleo Histórico e Arquitetônico de Manguinhos. Ao visitar este senhor centenário, tombado como patrimônio histórico nacional, fatos, fotos e documentos revelam curiosidades de sua construção. O público também pode contemplar a arquitetura em estilo neomourisco, a beleza dos azulejos portugueses e os mosaicos inspirados em tapeçaria árabe. Além da recém-inaugurada exposição "Castelo de Inspirações", recheada de matemática e interatividade, a visita inclui a Sala Costa Lima, com uma incrível coleção de insetos, e a Sala Oswaldo Cruz e Carlos Chagas, com várias informações e curiosidades sobre a vida desses dois importantes cientistas brasileiros. Aproveite para conhecer também o Pavilhão do Relógio com a exposição "Manguinhos Revelado".
Horário: 10h10, 11h, 11h50, 12h40, 13h30, 14h20 e 15h10
Público: todos
Local: Castelo

 

VOLTAR PARA A MATÉRIA PRINCIPAL DA FIOCRUZ NA SNCT 2019

Link para o site Invivo
link para o site do explorador mirim
link para o site brasiliana

funcionamento terça a sexta-feira: 9-16h30, sábados: 10h-16h

agendamento de visitas 55 21 2590-6747

Fiocruz, Av. Brasil, 4365 - Manguinhos, Rio de Janeiro| CEP: 21040-900

Copyright © Museu da vida | Casa de Oswaldo Cruz | Fiocruz

museudavida@fiocruz.br

Assessoria de imprensa: divulgacao@coc.fiocruz.br.

O Museu da Vida faz parte de:

abcmc astc redpop ecsite icom

Amigos do Museu da Vida: uma rede de Saúde, ciência e cultura

patrocínio master

ibm Johnson & Johnson Nova Rio conheça