Ir para o conteúdo

John C. Besley é professor de relações públicas na Michigan State University (Estados Unidos). Especialista em opinião pública sobre a ciência e a opinião dos cientistas sobre o público. Desde 2014, é responsável pelo capítulo de opinião pública sobre ciência e tecnologia dos Estados Unidos como representante do National Science Board (NSB). Este capítulo é parte do relatório realizado a cada dois anos com os indicadores nacionais daquele país referentes à ciência e tecnologia. Apresenta tanto dados originais coletados no país, como uma síntese de outras surveys nos Estados Unidos e em nível internacional. Este capítulo foi iniciado nos anos 1970 e se tornou uma síntese oficial da opinião pública sobre ciência nos Estados Unidos.

Carmelo Polino é cientista social na área da sociologia e estudos em ciência, tecnologia e sociedade. É pesquisador do Centro de Redes (Buenos Aires, Argentina) e professor do Departamento de Filosofia da Universidade de Oviedo (Espanha). Coordenou as pesquisas nacionais de percepção e atitudes públicas em relação à ciência e tecnologia na Argentina e vários estudos regionais sobre esses temas.

Ione Maria Mendes é mestranda do Mestrado em Divulgação da Ciência, Tecnologia e Saúde (Casa de Oswaldo Cruz/Fiocruz, UFRJ, Mast, Jardim Botânico do Rio de Janeiro e Fundação Cecierj), formada em ciências sociais (Unesp), com MBA em marketing (Ibmec/SP) e especialização em empreendedorismo e criação de novos negócios (FGV/SP). Atua em pesquisa de mercado e mídia, tendo realizado a coordenação, planejamento e desenvolvimento das cinco edições do Dossiê MTV Universo Jovem (1999, 2000, 2005, 2008 e 2010).

Yurij Castelfranchi é professor associado do Departamento de Sociologia da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas (FAFICH), diretor de Divulgação Científica da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e docente do Mestrado em Divulgação da Ciência, Tecnologia e Saúde (Casa de Oswaldo Cruz/Fiocruz, UFRJ, Mast, Jardim Botânico do Rio de Janeiro e Fundação Cecierj). Membro do Instituto Nacional de Comunicação Pública em Ciência e Tecnologia e bolsista de produtividade em pesquisa nível 2. É doutor em sociologia pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Possui graduação em física (Università degli Studi La Sapienza, Roma, Itália) e mestrado em comunicação da Ciência (International School for Advanced Studies, Sissa, Itália). 

Luisa Massarani coordena o Instituto Nacional de Comunicação Pública em Ciência e Tecnologia e o Mestrado em Divulgação da Ciência, Tecnologia e Saúde da Casa de Oswaldo Cruz (COC/Fiocruz), criado em 2016 em parceria com UFRJ, Fundação Cecierj, Museu de Astronomia e Ciências Afins e Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Coordena, também, a rede Cyted Musa Iberoamericana: Red de Museos y Centros de Ciencia. É bolsista de produtividade 1C do CNPq e Cientista do Nosso Estado da Faperj. Foi contemplada com o Prêmio Mercosul de CT - Integração de 2014 (com equipe), o Prêmio José Reis de Divulgação Científica e Tecnológica do CNPq e o Prêmio Jabuti.

Vanessa Fagundes é doutoranda em sociologia do conhecimento, da ciência e da tecnologia pelo Programa de Pós-graduação em Sociologia da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e mestre em divulgação científica e cultural pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Possui graduação em comunicação social/jornalismo pela UFMG (2002) e especialização em história da ciência pela mesma universidade (2003). É diretora de redação da revista Minas Faz Ciência e coordenadora do Programa de Comunicação Científica da Fapemig, coordenadora da Rede Mineira de Comunicação Científica (RMCC) e membro do Instituto Nacional de Comunicação Pública em Ciência e Tecnologia.

Ildeu de Castro Moreira é doutor em física pela UFRJ, professor do Instituto de Física e de programa de pós-graduação em história das ciências, ensino de física e história da física, na UFRJ, e também professor de mestrado em divulgação científica (Casa de Oswaldo Cruz/Fiocruz, UFRJ, Mast, Jardim Botânico do Rio de Janeiro e Fundação Cecierj). Vice-coordenador do Instituto Nacional de Comunicação Pública em Ciência e Tecnologia, presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC, 2017-2019) e bolsista de produtividade 1C do CNPq. Recebeu, em 2014, a condecoração Menção Honrosa Rio Negro do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), o Prêmio Mercosul de CT - Integração de 2014 (com equipe) e o Prêmio José Reis de Divulgação Científica e Tecnológica do CNPq, em 2013. 

Herton Escobar é jornalista profissional, especializado na cobertura de ciência e meio ambiente. Durante quase 20 anos foi repórter do jornal O Estado de S. Paulo; hoje é repórter especial da Superintendência de Comunicação Social da USP. Apaixonado por ciência e conhecimento, ganhador do Prêmio José Reis de Divulgação Científica, do CNPq, e do Prêmio Nacional de Biodiversidade, do MMA.

Publicado em 04/06/2019.

Link para o site Invivo
link para o site do explorador mirim
link para o site brasiliana

funcionamento terça a sexta-feira: 9-16h30, sábados: 10h-16h

agendamento de visitas 55 21 2590-6747

Fiocruz, Av. Brasil, 4365 - Manguinhos, Rio de Janeiro| CEP: 21040-900

Copyright © Museu da vida | Casa de Oswaldo Cruz | Fiocruz

museudavida@fiocruz.br

Assessoria de imprensa: divulgacao@coc.fiocruz.br.

O Museu da Vida faz parte de:

abcmc astc redpop ecsite icom

Amigos do Museu da Vida: uma rede de Saúde, ciência e cultura

patrocínio master

ibm Johnson & Johnson Nova Rio conheça