Ir para o conteúdo

Compartilhe

Facebook Twitter Imprimir

"Território, Memória e Identidade Cultural” foi o tema da quinta edição do evento, realizado em 2015.


Castelo Mourisco - Foto: Acervo da Fiocruz

“Território, Memória e Identidade Cultural” foi o tema da Semana Fluminense do Patrimônio, que iniciou sua quinta edição em 11 de novembro de 2015. O evento promoveu a valorização do patrimônio natural e cultural fluminense e ampliou o conhecimento da população sobre seu patrimônio em suas mais diversas expressões. O Museu da Vida foi uma das diversas instituições envolvidas na Semana e preparou um cardápio de atividades especiais. Confira o que rolou:


Castelo Mourisco

Visita ao Castelo da Fiocruz
Horário: Terça a sexta - 9:00 às 12:00 e 13:30 às 16:30 h / Sábado - 10:00 às 16:00 h
O Castelo da Fundação Oswaldo Cruz, joia da arquitetura eclética brasileira, é a principal edificação do núcleo histórico arquitetônico de Manguinhos e é tombado como patrimônio histórico nacional. Ao visitá-lo, fatos, fotos e documentos históricos que revelam curiosidades de sua construção são contextualizados com o momento histórico, marcado por episódios como a reforma urbana do Rio de Janeiro, a Revolta da Vacina, e por uma série de transformações na saúde pública do Brasil. Neste espaço de visitação do Museu da Vida, o público também pode contemplar a arquitetura em estilo neomourisco, a beleza dos azulejos portugueses e os mosaicos inspirados em tapeçaria árabe do Castelo.

Avental de Histórias
Faixa-etária: de 5 a 8 anos
Horário: Quinta-feira às 15:00 h
Contação de história especialmente criada para o público infantil sobre a personalidade de Oswaldo Cruz e sua ideia de construir o Castelo. A atividade utiliza como recurso um avental artesanal de tecido colorido, que funciona como cenário, com bolsos de onde saem os personagens da narrativa.

Amigos do Castelo
Faixa-etária: de 10 a 14 anos
Horário: Quinta-feira às 9:00 h
Esquete teatral que tem como objetivo aproximar o visitante do patrimônio histórico, a partir de uma proposta de investigação pelos visitantes, utilizando-se de elementos da arquitetura do Castelo Mourisco e de conteúdo de exposições de longa duração com temática da história da saúde no Brasil: "Vida e Obra dos cientistas Oswaldo Cruz e Carlos Chagas". Ao entrar no Castelo, nosso anfitrião do século passado encontra-se com dois jovens. Curiosos sobre a aparição de uma charge em um jornal, os jovens buscam informações para entender o cenário em que ela foi produzida. Na imagem, o sanitarista Oswaldo Cruz aparece desenhado sob o corpo de um mosquito. Ao investigarem as origens da imagem, eles também desvendam a verdadeira identidade do enigmático personagem que os acompanha na visita ao Castelo. A peça ainda tem espaço para um romance e um duelo moderno, no qual, em vez do mais forte, vence o mais sábio.

Detalhe dos vitrais do Castelo Mourisco

Acervo Museológico da Fiocruz
Faixa-etária: a partir de 10 anos
Horário - Terça a sexta: 9:00 às 12:00 e 13:30 às 16:30h / Sábado - 10:00 às 16:00h
O acervo museológico da Fundação Oswaldo Cruz abriga objetos científicos que foram utilizados em diferentes pesquisas desde as origens da instituição há mais de um século e que remontam à atuação de destacados pesquisadores como o próprio Oswaldo Cruz. O público visitante do Museu da Vida terá a oportunidade de descobrir curiosidades sobre alguns desses objetos de diferentes épocas e conhecer um pouco mais sobre a guarda e preservação deste rico patrimônio científico brasileiro.

Coleção Entomológica do Instituto Oswaldo Cruz
Faixa-etária: a partir de 10 anos
Horário - Terça a sexta: 9:00 às 12:00 e 13:30 às 16:30 h / Sábado: 10:00 às 16:00h
É uma das mais ricas da América Latina. Seu início data de 1901, ano em que o próprio Oswaldo Cruz descreveu o mosquito Anopheles lutzi, a primeira espécie nova proposta na instituição quando recém-fundada. O acervo possui aproximadamente 5 milhões de insetos, incluindo exemplares da fauna brasileira, representando quase todas as ordens conhecidas. Parte deste acervo poderá ser contemplada pelo visitante na Sala Costa Lima, onde poderemos conhecer mais sobre a biodiversidade entomológica brasileira e pesquisas realizadas pela instituição há mais de um século nesse campo.


Tenda da Ciência

Contação de História com o tema: Memória, Território e Patrimônio
Faixa-etária: a partir de 5 anos
Horário: Dia 21/11 (sábado) às 11:00h


Centro de Recepção

Mostra Museu da Patologia
Faixa-etária: a partir de 10 anos
Horário: Quarta e quinta (dias 18 e 19) - 9h às 12h e 13:30 às 16:30 h
Parte de um importante patrimônio da ciência e da saúde dos brasileiros, quase dizimado durante o período da ditadura militar, é preservada hoje no Museu da Patologia do Instituto Oswaldo Cruz. Durante a V Semana Fluminense do Patrimônio, o visitante poderá contemplar, no centro de recepção do Museu da vida, uma mostra que apresentará peças anatômicas, objetos e documentos que integram o acervo histórico original dessas que são algumas das coleções biológicas de maior valor histórico mantidas pela Fiocruz.


Áreas abertas do Campus

Caminhada Histórica pelo Campus de Manguinhos
Faixa-etária: a partir de 13 anos
Horário: Quintas e sextas-feiras às 9:00 h / Sábado dia 21/11 às 10:00h
Caminhada por um circuito no campus de Manguinhos onde são apresentadas histórias da trajetória da Fiocruz e de personalidades, transformações e momentos marcantes ao longo de mais de um século da instituição, e a importância de prédios históricos, praças e estátuas que compõem o patrimônio arquitetônico histórico presente no campus em diferentes épocas.

Passeio pelo Caminho de Oswaldo Cruz
Faixa-etária: livre
Horário: Dia 18/11 (quarta-feira) às 9:00 h
Encontro na Praça Pasteur
Durante esse passeio, além de observar diversas espécies de plantas, os participantes conhecem ainda o “Caminho de Oswaldo Cruz”, trajeto importante dentro do campus por onde muitos cientistas de renome já passaram.


A Semana Fluminense do Patrimônio é organizada pela Casa de Oswaldo Cruz (Fiocruz), Fundação Casa de Rui Barbosa, Instituto Estadual do Patrimônio Cultural (Inepac/Secretaria de Estado de Cultura do Rio de Janeiro), Superintendência do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional no Rio de Janeiro (Iphan-RJ), Museu de Astronomia e Ciências Afins (Mast), Museu do Meio Ambiente /Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro e Museu Nacional (MN/UFRJ). Este ano, a SFP conta com as parcerias do Centro Cultural Justiça Federal, do Instituto Federal Fluminense (IFF) e da Prefeitura Municipal de Quissamã, além do patrocínio da Fundação para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico em Saúde (Fiotec), do Grupo Libra e da Secretaria de Cultura do Município do Rio de Janeiro.

Veja aqui a programação completa da V Semana Fluminense do Patrimônio.

Atualizada em 24/11/2015

Link para o site Invivo
link para o site do explorador mirim
link para o site brasiliana

funcionamento terça a sexta-feira: 9-16h30, sábados: 10h-16h

agendamento de visitas (0xx21) 25906747

Fiocruz, Av. Brasil, 4365 - Manguinhos, Rio de Janeiro| CEP: 21045-900

Copyright © Museu da vida | Casa de Oswaldo Cruz | Fiocruz

museudavida@fiocruz.br

O Museu da Vida faz parte de:

abcmc astc redpop ecsite icom

Amigos do Museu da Vida: uma rede de Saúde, ciência e cultura

patrocínio master

ibm dataprev conheça