Ir para o conteúdo
busto de paciente com bócio

Busto em gesso, esculpido
Autor: Antoine François Roume (França – 1911)
Dimensões: 77 cm x 50 cm x 12 cm

O busto representa uma paciente de Carlos Chagas, portadora de bócio (aumento de volume da tireóide). Pertencia originalmente ao Instituto Oswaldo Cruz.
A escultura foi produzida para integrar o pavilhão brasileiro da Exposição Internacional de Higiene, realizada entre maio e outubro de 1911, na cidade alemã de Dresden. A mostra foi um evento importante de divulgação científica que ocupou uma área de 320 mil metros quadrados e recebeu cerca de cinco milhões de pessoas.

Um destaque especial foi concedido à doença de Chagas, descoberta em 1909 e carro-chefe da apresentação brasileira em Dresden. Para Carlos Chagas, um dos sinais clínicos da nova doença era a hipertrofia da tireoide, que acarretava o bócio ou “papo”. Segundo o cientista, o parasita Trypanosoma cruzi provocaria lesões nessa glândula, o que justificaria sua hipótese, posteriormente descartada, de uma causa parasitária do bócio endêmico.

Sala sobre a doença de Chagas, no pavilhão brasileiro na Exposição Internacional de Higiene em Dresden, na Alemanha. Foto: Departamento de Arquivo e Documentação – COC/Fiocruz
Com o término da exposição, o busto voltou ao Brasil e integrou o acervo do Museu de Higiene, então situado no Rio de Janeiro, ligado à Diretoria Geral de Saúde Pública. Mais tarde, foi devolvido ao Instituto Oswaldo Cruz (atual Fundação Oswaldo Cruz) e ficou exposto em seu museu, no Castelo Mourisco.

Para saber mais:
BEYER, Henry. The International Hygiene Exhibition at Dresden. Popular Science, Fevereiro de 1912. Disponível em: Popular Science
GUERRA, E. Sales. Oswaldo Cruz. Rio de Janeiro: Vecchi, 1940.
KROPF, Simone Petraglia. Doença de Chagas, doença do Brasil: ciência, saúde e nação (1909-1962). Tese de Doutorado em História pela Universidade Federal Fluminense. Niterói, 2006.

Link para o site Invivo
link para o site do explorador mirim
link para o site brasiliana

funcionamento terça a sexta-feira: 9-16h30, sábados: 10h-16h

agendamento de visitas 55 21 2590-6747

Fiocruz, Av. Brasil, 4365 - Manguinhos, Rio de Janeiro| CEP: 21040-900

Copyright © Museu da vida | Casa de Oswaldo Cruz | Fiocruz

museudavida@fiocruz.br

Assessoria de imprensa: divulgacao@coc.fiocruz.br.

O Museu da Vida faz parte de:

abcmc astc redpop ecsite icom

Amigos do Museu da Vida: uma rede de Saúde, ciência e cultura

patrocínio master

ibm Nova Rio conheça