Ir para o conteúdo

Joaquim Venâncio Fernandes começou a trabalhar no Instituto Oswaldo Cruz aos 21 anos de idade. Nesta edição, o programa “Brasil es mucho más que Samba”, do Centro de Estudios Brasileños da Universidade de Salamanca, divulga a biografia do profissional que adquiriu conhecimento detalhado de várias espécies de animais, principalmente anfíbios, moluscos fluviais e trematódeos. Ele chegou a ser citado na literatura como colaborador direto em pesquisas científicas. Atualmente, Joaquim Venâncio dá o nome à Escola Politécnica de Saúde da Fiocruz (EPSJV). 

Ouça o podcast inspirado na tese de doutorado da pesquisadora da EPSJV, Renata Reis, intitulada "A 'grande família' do Instituto Oswaldo Cruz: a contribuição dos trabalhadores auxiliares dos cientistas no início do século XX" para conhecer mais detalhes sobre a vida, carreira e reconhecimentos de Joaquim Venâncio. Não esqueça de compartilhar!  

IVOOX: https://www.ivoox.com/biobrasil-joaquim-venancio-audios-mp3_rf_69262601_1.html
CEB: https://cebusal.es/podcast/biobrasil-joaquim-venancio/

Publicado em 30 de abril de 2021.

Link para o site Invivo
link para o site do explorador mirim
link para o site brasiliana

Funcionamento: de terça a sexta, das 9h às 14h30.

Fiocruz: Av. Brasil, 4365, Manguinhos, Rio de Janeiro. CEP: 21040-900

Contato: museudavida@fiocruz.br

Assessoria de imprensa: divulgacao@fiocruz.br.

Copyright © Museu da vida | Casa de Oswaldo Cruz | Fiocruz

conheça