Ir para o conteúdo

Agulhas para realização de suturas
Material: metal
Autor: Jean-Louis Faure
Fabricante: Collin (França)
Período: 1900-1940
Dimensões: 22 x 3,0 x 5,0 cm

As agulhas de Faure, utilizadas para realizar suturas em regiões do corpo de difícil acesso, também eram conhecidas como agulhas de pedal. Isso porque elas possuíam um sistema de acionamento localizado em seu cabo e que permitia movimentar a extremidade das agulhas para qualquer direção.

Eram utilizadas em cirurgias por regiões sensíveis do corpo, sobretudo na região peritoneal – membrana serosa que cobre a parede abdominal e as vísceras, sendo fundamentais em procedimentos como histerectomia e cirurgias gastrointestinais.

Por ter um elevado grau de curvatura, a agulha de pedal era necessária para pinçar e chulear parte de tecidos frágeis ou com característica viscosa. Ela permitia a realização de furos profundos e a confecção de uma costura mais firme. Seu cabo anatômico também facilitava singularmente a capacidade de precisão do cirurgião no momento de realizar o procedimento de sutura.

Cirurgias abdominais foram aprimoradas a partir de 1870, em sintonia com o processo de formação das especialidades médicas. Os cirurgiões, principalmente aqueles ligados às universidades, criaram e testaram novas técnicas, para as quais desenvolveram novos instrumentos no intuito de melhorar os procedimentos nas salas de cirurgias.

Agulha de Pedal para executar cirurgia peritoneal (FAURE, 1902: 187)
A empresa francesa Collin & Cie, como outros fabricantes de instrumentos médicos e científicos, desenvolvia seus modelos em colaboração com renomados cirurgiões da época. Neste contexto, Jean-Louis Faure (1863-1944), professor da Faculdade de Medicina de Paris, especialista em cirurgia ginecológica, trabalhou em parceria com esse fabricante para a produção em série de suas agulhas de pedal.

Para Saber Mais:
COLLIN. Catalogue Collin & Cie, Successeurs. Maison Charrière. Fabrique d'instruments de chirurgie. Paris: Collin, 1925.
FAURE, Jean-Louis. Chirurgie des Annexes de l’utérus. Paris: Octave Doin, 1902.
______. L’Hystérectomie: indications et Technique. Paris: Octave Doin, 1905.
JEAN-LOUIS FAURE. Patrimoine. Médiatéque Municipale de Saint-Foy-la-Grande. Disponível em: Acessado em: nov. 2011.
MURTA, Eddie Fernando Cândido; REIS, Juliana Delfino dos; ABRAO, Juliana Misson; MIZIARA, Juliana Muniz. Histerectomias: estudo retrospectivo de 554 casos. Rev. Col. Bras. Cir. 2000, vol.27, n.5, p. 307-311.

Publicado em 22/05/2015
Link para o site Invivo
link para o site do explorador mirim
link para o site brasiliana

Funcionamento: de terça a sexta, das 9h às 14h30.

Fiocruz: Av. Brasil, 4365, Manguinhos, Rio de Janeiro. CEP: 21040-900

Contato: museudavida@fiocruz.br

Assessoria de imprensa: divulgacao@fiocruz.br.

Copyright © Museu da vida | Casa de Oswaldo Cruz | Fiocruz

conheça