Ir para o conteúdo
"Trabalho de Bairro - Meu Bairro Saudável" foi o tema da pesquisa, realizada junto a Associações de Moradores.



 
O Serviço de Educação em Ciências e Saúde (Seducs) do Museu da Vida e a IX Turma do Curso de Formação de Monitores apresentaram, de 26 a 28 de agosto, os resultados do Trabalho de Bairro 2009.
 
Inserido no curso de formação de monitores, o Trabalho de Bairro - Meu Bairro Saudável foi uma pesquisa realizada pelos alunos junto a Associações de Moradores do bairro onde vivem. A investigação contou, ainda, com entrevistas a antigos moradores, visando trazer para o cotidiano atual a memória e a identidade cultural, que eles não conheciam e que também não é divulgada pelos meios de comunicação. O objetivo do projeto foi a integração e a valorização da identidade cultural dos jovens participantes do curso.
 
Os alunos levantaram dados como origens do bairro, processos de ocupação e desenvolvimento socioeconômico, além de verificar a presença de instituições públicas e privadas envolvidas, por exemplo, com ensino e saúde, organizações de assistência social, serviços públicos e infraestrutura.
 
Desde 2000, o Trabalho de Bairro contribui para a aproximação das realidades vivenciadas pelos monitores, e para o respeito às diferenças. Em 2009, os bairros e comunidades estudados foram Penha, Cordovil, Olaria, Ilha do Governador, Pavuna, Turano, Maré, Jardim América, Catumbi, Ramos, Barros Filho e Manguinhos.
 
As apresentações aconteceram no auditório do Museu da Vida, das 14h às 17h. Mais informações pelo telefone (21) 3865-2136.
 
A atração percorre os diferentes espaços abertos do Museu.


 
Desde o dia 22 de maio de 2009, os visitantes do Museu da Vida voltaram a contar com o Trenzinho da Ciência – um dos grandes atrativos do museu –, que passou por um período de manutenção para oferecer maior segurança a seus passageiros. Agora, o trem voltou com tudo, para fazer a alegria do público ao longo do circuito do Museu da Vida. 
 
O trenzinho vermelho, que encanta adultos e crianças, foi pensado para integrar, com ludicidade, os diferentes espaços abertos à visitação no Museu. Seu percurso inclui o Castelo Mourisco, o Ciência em Cena, o Pombal, o Parque da Ciência e o Centro de Recepção.
 
Para pegar carona nesse trem, visite o Museu da Vida de terça a sexta, das 9h às 17h, e aos sábados de 10h às 16h. A visita ao museu e o passeio pelo trem são gratuitos.
 
Link para o site Invivo
link para o site do explorador mirim
link para o site brasiliana

funcionamento terça a sexta-feira: 9-16h30, sábados: 10h-16h

agendamento de visitas (0xx21) 25906747

Fiocruz, Av. Brasil, 4365 - Manguinhos, Rio de Janeiro| CEP: 21045-900

Copyright © Museu da vida | Casa de Oswaldo Cruz | Fiocruz

museudavida@fiocruz.br

O Museu da Vida faz parte de:

abcmc astc redpop ecsite icom