Ir para o conteúdo

 25 alunos da turma 2020 do Pró-Cultural, Programa de Iniciação à Produção Cultural, que é uma ação de educação não formal voltada para estudantes entre 16 e 19 anos, alunos do 2º e 3º anos do ensino médio de escolas da rede pública localizadas nas proximidades de Manguinhos, Maré e Alemão, acabam de obter um importante apoio para continuar a realizar, direto de casa, as atividades do programa. Eles receberam notebooks e acesso a pacotes de dados de internet, oferecidos a partir de parceria entre a Seção de Formação, a chefia do Museu da Vida e a vice-diretoria de Gestão da Casa de Oswaldo Cruz.

Estudantes receberam notebooks e acesso a pacotes de dados de internet. Crédito: Jeferson Mendonça

Em março de 2020, 150 jovens participavam da primeira etapa do processo seletivo do Pró-Cultural. Dias depois, o Museu da Vida fechou ao público por causa da pandemia. Esse contexto propiciou a elaboração de novas estratégias nos processos de trabalho do projeto.

A equipe, composta pela supervisora pedagógica Carmen Evelyn e as bolsistas Nadaby Melo e Stephanie Aquino, passou a organizar as outras etapas seletivas no ambiente virtual. A dinâmica de grupo e as entrevistas aconteceram de forma online, contando também com o apoio da educadora Aline Pessoa, do Serviço de Educação do Museu da Vida. 25 selecionados fazem parte da turma 9, que teve como atividade inaugural uma live transmitida em 21 de setembro pelo YouTube do Museu da Vida.

O início das atividades trouxe as dificuldades no acesso a internet e pelo uso exclusivo de celulares, além do entendimento de que era necessário oferecer mais possibilidades para que a participação da turma no programa tivesse mais sinergia, empatia e inclusão. 

A iniciativa foi da Seção de Formação com apoio da chefia do MV e a vice-diretoria de Gestão da COC. Assim foi decidida a locação de notebooks e pacotes de dados para levar aos jovens internet de qualidade e o acesso aos aplicativos necessários para interação nas plataformas digitais. "Essa decisão é importante, pois vivemos um momento complexo onde as desigualdades sociais ampliaram os abismos no âmbito educacional para a juventude periférica”, explica a coordenadora da Seção de Formação do Museu, Hilda Gomes.

A locação precedeu à um pregão eletrônico com chamada pública. A entrega dos equipamentos começou em 11 de janeiro.

 

Link para o site Invivo
link para o site do explorador mirim
link para o site brasiliana

funcionamento terça a sexta-feira: 9-16h30, sábados: 10h-16h

agendamento de visitas 55 21 3865-2138

Fiocruz, Av. Brasil, 4365 - Manguinhos, Rio de Janeiro| CEP: 21040-900

Copyright © Museu da vida | Casa de Oswaldo Cruz | Fiocruz

museudavida@fiocruz.br

Assessoria de imprensa: divulgacao@coc.fiocruz.br.

O Museu da Vida faz parte de:

abcmc astc redpop ecsite icom

Amigos do Museu da Vida: uma rede de Saúde, ciência e cultura

Johnson & Johnson ibm conheça